Últimas notícias:

Loading...

Festa em praia de Salvador termina com surto de doenças respiratórias

A suspeita é de influenza, causada pelo vírus H3N2 que está em circulação no país

Por: Redação

Pelo menos 10 pessoas apresentaram quadro de doenças respiratórias após participação em uma festa de aniversário em uma praia de Salvador, na Bahia, com 25 convidados.

De acordo com reportagem publicada no jornal Correio, o grupo apresentou tosse, febre alta e mal-estar, sintomas característicos do vírus H3N2, variante da influenza (gripe).

vírus gripe
Crédito: Ladanifer/istockPelo menos 10 convidados da festa apresentaram sintomas de doenças respiratórias

O organizador do evento disse que todos estavam vacinados contra a covid-19 e dispensaram as máscaras pelo fato do local ser aberto e por estarem bebendo.

Ainda segundo ele, apenas um dos dez amigos com sintomas precisou buscar atendimento médico.

O aniversariante disse também que tem orientado o grupo a fazer o exame de covid-19 antes de participar de alguma confraternização de fim de ano.

praia salvador
Crédito: Agata Fetschenko/istockFesta aconteceu na praia do Buracão, em Salvador

Surto de gripe

O estado da Bahia, assim como São Paulo, já registra surto de de síndrome gripal. No Rio de Janeiro, já virou epidemia. Embora a vacina esteja disponível, ela não contempla a cepa H3N2, apontada como responsável pelo aumento de casos no país.

Os sintomas da gripe causada por essa mutação costumam a aparecer já nos primeiros dias. Os mais comuns são picos de febre, dor de garganta, tosse, secreção nasal excessiva, dor de cabeça e no corpo, calafrios, irritação nos olhos e mal-estar intenso.

Como se proteger

Como é um vírus respiratório, a transmissão ocorre de forma semelhante como acontece com o coronavírus: de pessoa a pessoa, através de gotículas expelidas pela tosse, espirro ou fala. Porém, é ainda mais comum contrair influenza ao tocar em superfícies contaminadas.

As medidas de prevenção continuam sendo as mesmas: evitar aglomeração, usar máscara de proteção e higienizar as mãos ao tocar em objetos.

Compartilhe:

Tags: #Doença
?>