Últimas notícias:

Loading...

Mãe faz alerta após fio de cabelo cortar circulação do dedo de bebê

A pele do bebê começou a crescer sobre o cabelo, o que dificultou a sua retirada

Por: Redação

A norte-americana Sarah Ward está usando as redes sociais para alertar para o perigo que um incidente bobo pode representar aos bebês. Ela conta que seu filho de 5 meses teve a circulação de um dedinho do pé cortada depois de ficar por dias com um fio de cabelo enrolado nele.

Ward notou uma linha atravessando o dedo médio do pé de seu filho, mas não deu muita importância.

“Não estava parecendo alarmante naquele momento e achamos que talvez tivesse ficado um pouco irritado com alguma coisa”, lembrou ela.

Porém, dois dias depois, o dedo do pé da criança ainda estava inchando e roxo, o que a fez correr para o pediatra.

pé de bebê
Crédito: Reprodução/Kennedy NewsFio de cabelo enrolado no dedinho cortou a circulação por dias

Síndrome do torniquete capilar

O médico que atendeu a criança disse aos pais que se tratava de síndrome do torniquete capilar, um fenômeno clínico raro que envolve cabelo, fio ou material semelhante que se enrola tão firmemente e acaba cortando a circulação de sangue e gerando uma lesão.

O bebê acabou sendo internado porque, segundo relato da mãe, a circulação não estava melhorando e havia risco de perder o dedo do pé.

fio cabelo bebe
Crédito: Reprodução/Instagram 

Sara contou que foi bem difícil remover o fio de cabelo do dedinho do pé do filho porque estava muito apertado.

“Ele fez um total de 12 enfermeiros, pediatras e cirurgiões olharem e tentaram encontrar o cabelo com pinças, bisturis, óculos de aumento e luzes especiais”, escreveu Sara no Facebook.

Após a retirada do fio de cabelo, o menino passou mais uma noite no hospital para ser monitorado e foi liberado só no dia seguinte, após a cor do dedo voltar ao normal.

“Muitos de vocês podem estar pensando: ‘é só um fio de cabelo, por que é tão difícil de conseguir?’ Eu sei que pensei isso”, escreveu Sara. “O problema é quando a pele começa a crescer sobre o cabelo e o cabelo fica embutido no tecido da pele. Isso torna impossível ver”, explicou.

Compartilhe:

?>