Últimas notícias:

Loading...

Fiocruz publica orientações para as festas de Natal de Réveillon

Apesar da vacinação avançada, cuidados precisam continuar, especialmente com um nova variante em circulação

Por: Redação

O Observatório Covid-19 da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) lançou uma nova cartilha com orientações sobre formas mais seguras de passar as festas de Natal e Réveillon e diminuir os riscos de transmissão da covid-19 no período.

Embora o Brasil registre atualmente queda nos principais indicadores da doença, a entidade alerta que a pandemia não acabou e por isso os cuidados são necessários.

festas fim de ano
Crédito: AlekZotoff/istockFiocruz lança cartilha com orientações para passar o Natal e Réveillon de forma segura

A cartilha traz orientações sobre a participação em eventos familiares e pequenos encontros entre amigos, já que as aglomerações ainda devem ser evitadas.

Esta é a segunda edição da cartilha, que foi publicada pela primeira vez no final do ano passado. A principal orientação desta edição é a vacinação como forma mais importante de proteção da doença.

“Reforçamos que o principal cuidado neste fim de 2021 é garantir que todos estejam vacinados com o esquema completo, incluindo a dose de reforço, caso a pessoa já tenha essa indicação. Para quem ainda não está com o esquema completo, recomendamos que vá ao posto de saúde 14 dias antes do evento para que possa estar protegido e ajudar a proteger os outros também”, afirma Carlos Machado, coordenador do Observatório Covid-19 da Fiocruz.

Machado lembra que nesse período do ano se intensifica a circulação de pessoas nas ruas e por isso é necessário estar em alerta, especialmente porque há uma nova variante em circulação no país, a Ômicron, que é mais transmissível.

Cuidados no dia da reunião

Algumas das recomendações formuladas na edição do ano passado continuam valendo, especialmente para aquelas pessoas que não sabem se todos os que estarão presentes nos encontros e eventos de fim de ano foram vacinados, se são do grupo de risco, ou mais vulneráveis, como os idosos, ou se há crianças na família que ainda não se vacinaram.

máscara
Crédito: Ljubaphoto/istockMáscara deve ser mantida principalmente entre os imunossuprimidos e entre os que ainda não se vacinaram contra a covid-19

Veja algumas orientações abaixo:

  • Limite o número de convidados de acordo com o tamanho do espaço para que não haja aglomeração;
  • Dê preferência a locais abertos ou bem ventilados. Evite o uso de ar condicionado;
  • Evite toalhas de panos. Tenha disponível sabão e papel para secagem de mãos no banheiro;
  • Disponibilize álcool em gel na entrada e nos ambientes;
  • Deve-se proteger as crianças pequenas que ainda não podem se vacinar, mantendo-as em lugares mais arejados;
  • Pessoas idosas ou imunossuprimidas devem estar em lugares mais arejados e utilizar máscaras;
  • Oriente os convidados a não que não compareçam se apresentarem sintomas, mesmo que leves.

Acesse o conteúdo completo da cartilha da Fiocruz aqui.

Compartilhe:

?>