Últimas notícias:
Loading...

Hipertensão: 5 alimentos que combatem a pressão alta

Entre 2010 e 2016, mais de 400 mil brasileiros morreram por consequências da hipertensão

Inúmeros alimentos podem ajudar a combater os males provocados pela hipertensão. Confira a lista – iStock/Getty Images
Créditos: Getty Images
Inúmeros alimentos podem ajudar a combater os males provocados pela hipertensão. Confira a lista – iStock/Getty Images

Dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Hipertensão mostram que a pressão arterial elevada atinge 30% da população adulta brasileira e está presente em mais de 50% das pessoas na terceira idade. Não por acaso, doenças cardiovasculares são responsáveis pelo maior número de mortes no Brasil – em mais da metade dos casos ela é decorrente da pressão alta.

A hipertensão, no entanto, pode ser controlada e, para isso, basta algumas mudanças na rotina. Isso porque, com apenas a inclusão de alguns alimentos em sua dieta, a prevenção e o controle já são desenvolvidos naturalmente pelo seu organismo.

Confira quais 5 alimentos adotar para os seus novos hábitos:

Salsa

O que a salsa, a cebolinha, o coentro, o alecrim, a sálvia, o manjericão, o louro e o tomilho têm em comum? Todos são ótimos temperos naturais e, por isso, podem substituir como nenhum outro alimento o uso do sal. “Reduzindo o sal, também há diminuição da ingestão de sódio, um dos principais vilões dos hipertensos”, alerta a nutricionista Cátia Medeiros. O sódio favorece a retenção de líquidos no organismo, aumentando a pressão arterial e elevando o risco de doenças renais e cardiovasculares.

Alho

Ótima fonte de vitamina C, o alho tem alto poder antioxidante, atuando na diminuição de radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce, pelo câncer e até por doenças cardíacas. Além disso, a combinação de diversos elementos presentes nesse alimento, como o magnésio, auxilia – ainda que de forma singela – na dilatação dos vasos sanguíneos, reduzindo a pressão e facilitando a circulação do sangue.

Leite e derivados

Importantes fontes de cálcio, leite e derivados não podem ficar de fora da dieta de pessoas com hipertensão. O cálcio funciona como hipotensor, ou seja, atua na diminuição da pressão sanguínea, uma vez que estimula a eliminação de sódio. A grande vantagem desses alimentos é o fato de pequenas porções apresentarem grande concentração do mineral. A nutricionista ainda recomenda que sejam consumidas as versões desnatadas e com baixo teor de gordura, como o queijo branco.

Azeite de oliva

Presentes em alimentos como sardinha, salmão, atum, linhaça e azeite, os ácidos graxos ômega-3 devem ser consumidos por pessoas com hipertensão em uma dose acima do valor diário recomendado normalmente, aponta a nutricionista Cátia Medeiros.

Estudos comprovam que a ingestão dessa substância está intimamente relacionada à diminuição da vasoconstrição e ao aumento da vasodilatação. Em outras palavras, o ômega 3 não só dificulta a síntese responsável por contrair os vasos sanguíneos como ainda facilita a síntese que promove a sua abertura.

Cereal integral

Eles reduzem as chances de diabetes, previnem o câncer, ajudam a manter o peso e ainda são grandes combatentes da hipertensão. Motivos não faltam para incluir cereais integrais, como farelo de aveia e gérmen de trigo, na sua dieta. O grande mérito desses alimentos é a concentração de magnésio, que, segundo a nutricionista Cátia Medeiros, estimula a dilatação dos vasos sanguíneos, reduzindo, por tabela, o inchaço típico de pessoas que retêm líquidos.

Com informações do site Minha Vida.