Homem tem ereção de três dias após usar ‘viagra para touro’; entenda

Na literatura médica, o caso é conhecido como priapismo --ereção involuntária e persistente

Por: Redação

O consumo de medicamentos sem receita médica pode causa grandes riscos à saúde. Foi o caso de um mexicano que, depois de tomar um estimulante sexual teve uma ereção de três dias e precisou ser internado. O caso ocorreu na cidade de Reynosa.

Para “aliviar” a ereção, os médicos precisaram realizar uma cirurgia de emergência.

Crédito: Reprodução/FacebookNa literatura médica, o caso é conhecido como priapismo –ereção involuntária e persistente

Segundo os médicos, a substância que o homem de meia-idade ingeriu é usada para estimular touros para inseminação.

O homem disse que tomou o ‘ viagra para touros ‘ porque planejava ter um encontro sexual uma garota de 30 anos.

“Ele tomou um estimulante sexual que tinha comprado em Veracruz e usado por fazendeiros para deixar os touros com mais vigor para a reprodução”, disse o médico que operou o homem, que não teve a identidade revelada.

Priapismo

Na literatura médica, o caso é conhecido como priapismo –ereção involuntária e persistente.

Ela pode ocorrer espontaneamente ou devido a uso de certos antidepressivos ou fármacos para disfunção erétil.

O quadro é causado por insuficiência de drenagem do sangue que enche os corpos cavernosos do pênis.

As opções de tratamento incluem drenagem de sangue do pênis (aspiração) e medicação para restringir o fluxo sanguíneo ao pênis.

Compartilhe:

Tags:#Saúde