CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Homem trans ganha pênis construído a partir de tecido do seu próprio antebraço

Por: Redação
 

Jay Murray, 41 anos, é um homem trans de Bournemouth, na Inglaterra, que ganhou um pênis construído a partir do tecido do seu próprio antebraço. Ao Daily Mail britânico, Jay afirmou que perdeu a virgindade duas vezes.

Quando criança, ele sempre soube que era diferente das colegas. “Não me identificava com o corpo com o qual nasci desde os cinco anos. Achava que era um menino. Quando tinha oito anos, minha mãe mandava vestir uma camiseta, sendo que queria andar como os garotos, sem camisa. Não entendia porque não podia”, revelou.

Aos 19 anos, Murray estava namorando um rapaz, que o recomendou que assistisse a um documentário sobre trans. Após assistir ao programa, ele percebeu que poderia ser trans, mas foi só aos 33 que fez a transição. “Pensei que poderia ser trans, mas me escondi no armário. Aos 22, achei que era lésbica e namorei algumas mulheres. Gostava do sexo feminino, então, achava que podia me definir assim, mas sentia que ainda tinha algo errado.”

Um pouco mais tarde, aos 28 anos, Murray procurou um psicoterapeuta para conversar sobre transição de gênero. Contudo, o “especialista” disse que as dúvidas de Murray eram coisa da cabeça dele e o mandou apenas fazer exercícios de respiração.

Foi só aos 33 anos que um psicólogo o encaminhou para uma clínica de identidade de gênero no hospital Charing Cross, em Londres. E assim ele começou sua transição com injeções de testosterona, hormônio que tomará para o resto da vida. “Finalmente estava ajustando meu corpo a como eu me sentia. Minha menstruação parou, meus pelos começaram a crescer com a minha confiança”, contou ao “Daily Mail”.

Depois, Murray passou por cirurgias para remover os seios, o útero, além de fazer uma faloplastia, operação que construiu um pênis com tecido do seu próprio antebraço. A operação foi feita em três etapas. “Foi uma decisão muito importante, pois, uma vez que você decide por isso, não tem como voltar atrás. Você precisa estar muito certo do quer. Comecei a sentir o volume em minhas calças e tive de comprar cuecas. Finalmente me senti feliz e completo, virei ‘virgem’ de novo e foi incrível. Precisei aprender tudo sobre mim novamente e evolui como ser humano”, afirmou na entrevista.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.