Últimas notícias:

Loading...

Linda Evangelista diz estar desfigurada após procedimento estético

Supermodelo canadense evita postar fotos atuais e diz que procedimento lhe causou profunda depressão

Por: Redação

A top model canadense Linda Evangelista, um dos rostos mais famosos dos anos 90, resolveu contar porque está tão reclusa nos últimos anos. Em suas redes sociais, ela publicou um texto dizendo ter sido brutalmente desfigurada por um procedimento estético.

Segundo Linda, ela chegou a passar por duas cirurgias corretivas dolorosas para tentar retomar ao que era antes, mas os procedimentos foram malsucedidos. “Fui deixada, como a mídia descreveu, ‘irreconhecível’”, disse ela.

linda evangelista
Crédito: Reprodução/Instagram/lindaevangelistaLinda Evangelista diz ter sido brutalmente desfigurada por procedimento estético

O procedimento chamado CoolSculpting foi realizado há mais 5 anos e prometia reduzir gorduras corporais, mas segundo a modelo, fez exatamente o contrário que aconteceu.

“Para meus seguidores que se perguntam por que eu não tenho trabalhado enquanto as carreiras de meus colegas têm prosperado, a razão é que eu fui brutalmente desfigurada pelo procedimento CoolSculpting de Zeltiq, que fez o oposto do que prometia.  Aumentou, não diminuiu, minhas células de gordura e me deixou permanentemente deformada, mesmo depois de passar por duas cirurgias corretivas dolorosas e malsucedidas. Fui deixada, como a mídia descreveu, ‘irreconhecível’”.

linda evangelista
Crédito: Reprodução/Instagram/lindaevangelista A modelo evita postar fotos atuais

Linda Evangelista diz não ter sido alertada sobre os riscos e potenciais efeitos colaterais do procedimento.

“Eu desenvolvi hiperplasia adiposa paradoxal ou HAP, um risco do qual eu não tinha conhecimento antes de fazer os procedimentos”, escreveu.

A hiperplasia adiposa paradoxal é uma espécie de área endurecida de gordura localizada. A área fica como uma massa visivelmente aumentada sob a pele.

“O PAH não apenas destruiu meu meio de vida, mas também me enviou a um ciclo de profunda depressão, profunda tristeza e as profundezas da auto-aversão”, desabafou a modelo.

Em suas rede sociais, Linda não publica fotos recentes e diz que gostaria de voltar a sair às ruas de cabeça erguida.

“No processo, tornei-me um reclusa (…) Estou tão cansada de viver assim. Eu gostaria de sair pela minha porta com a cabeça erguida, apesar de não parecer mais eu mesma”, concluiu.

O que é o CoolSculpting?

O CoolScupting é o nome dado a um aparelho que faz o congelamento de gordura, um tratamento que ficou famoso no Brasil nos últimos anos e conhecido pelo nome de criolipólise.

O tratamento não invasivo é aprovado nos EUA pelo FDA (Food and Drug Administration) e, no Brasil, o aparelho possui registro na Anvisa.

Como funciona?

A máquina possui ventosas de diversos tamanhos que fazem uma espécie de sucção da pele com a gordura para o posterior resfriamento controlado dela.

A promessa é destruir as células de gordura congeladas, que serão naturalmente eliminadas do corpo ao longo dos dias.

O método é comumente utilizado na regiões das coxas, abdômen, flancos e nos braços. Segundo as clínicas de estética, os resultados definitivos da criolipólise podem demorar até três meses para aparecer.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a média estimada de redução de gordura após um único procedimento é de 25%.

Ainda segundo a SBD, o procedimento é contraindicado para gestação, pessoas hérnia no local, urticária ao frio e crioglobulinemia.

A hiperplasia adiposa paradoxal (HAP), umas das possíveis complicações da criolipólise, vinha sendo relatada como um evento adverso raro após o procedimento, mas os relatos têm aumentado à medida que mais pessoas se submetem ao procedimento.

Compartilhe:

?>