Últimas notícias:

Loading...

Mamma Bruschetta passa por cirurgia para retirar câncer no esôfago

A apresentadora fez postagem no Instagram informando que passa bem e segue otimista

Por: Redação

Após ser diagnosticada com câncer no esôfago, Mamma Bruschetta passou por uma cirurgia para a retirada do tumor.  A apresentadora segue internada no hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo e demostra estar confiante em postagem feita ontem no Instagram. “Estou passando pra avisar que o procedimento cirúrgico foi um sucesso! Agradeço a todos pelas mensagens de carinho e otimismo”, escreveu.

Crédito: Reprodução/InstagramMamma Bruschetta está de licença do Fofocalizando para tratar doença 

O tumor foi descoberto durante exames para a realização de uma bariátrica, motivo que a havia afastado do programa Fofocalizando, do SBT. “Aproveitei a minha saída [do SBT] para providenciar minha bariátrica. Em um desses exames, pediram uma endoscopia e descobriram um câncer no meu esôfago, que por ter sido descoberto de repente, está bem pequenininho, 20 milímetros, não vou fazer nenhuma cirurgia aberta, nem quimioterapia, nem radioterapia”, explicou Mamma.

O que é câncer de esôfago?

No Brasil, o câncer de esôfago (tubo que liga a garganta ao estômago) é o sexto mais frequente entre os homens e o 15º entre as mulheres, excetuando-se o câncer de pele não melanoma.

Sintomas e sinais

Em sua fase inicial, o câncer de esôfago não apresenta sinais. Porém, com a progressão da doença, podem surgir sintomas tais como dificuldade ou dor ao engolir, dor retroesternal (atrás do osso do meio do peito), dor torácica, sensação de obstrução à passagem do alimento, náuseas, vômitos e perda do apetite.

Na maioria das vezes, a dificuldade de engolir (disfagia) já sinaliza doença em estado avançado. A disfagia progride de alimentos sólidos até pastosos e líquidos. A perda de peso pode chegar a até 10% do peso corporal.

Prevenção

-Não fumar e não se expor ao tabagismo passivo.  Parar de fumar sempre vale a pena em qualquer momento da vida, mesmo que o fumante já esteja com alguma doença causada pelo tabagismo.
-Evitar o consumo bebidas alcoólicas.
-Comer mais frutas e vegetais e menos carne vermelha e gorduras.
-Manter o peso corporal adequado.
-Identificar e tratar a doença do refluxo gastroesofagiano (DRGE).
-Consumir bebidas quentes como chimarrão, café e chá em temperaturas inferiores a 60ºC. Para garantir a temperatura adequada para consumo, após o preparo, deve-se esperar em torno de cinco minutos para ingerir a bebida.
-Fazer atividade física.
-Utilizar camisinha durante a relação sexual. (Fonte: Instituto Nacional do Câncer). Saiba mais sobre essa doença. 

Compartilhe: