Meditação guiada: veja benefícios e aprenda a praticar

Com essa técnica, é mais fácil sossegar a mente e entrar em estado meditativo

Cada vez mais a meditação vem ganhando espaço. Fala-se muito sobre os benefícios que a prática pode trazer, como o combate às dores crônicas, ansiedade, depressão e insônia, por exemplo. Mas muitas pessoas acabam desistindo antes de vivenciarem essas vantagens.

Já aconteceu de você tentar meditar, fechar os olhos, tentar se concentrar, mas perceber que a cabeça não sossega? Os barulhos externos incomodam e até a posição acaba se tornando desconfortável. Quando isso acontece, você pode acabar pensando que a meditação não é para você. Que tal começar pela meditação guiada?

A meditação guiada é um método mais fácil de alcançar o estado meditativo. Foto: Pixabay

A técnica é uma ótima maneira de começar a meditar. Com ela, é possível direcionar a mente de forma segura, natural e confortável para o estado meditativo.

A meditação guiada traz o equilíbrio necessário para que você consiga olhar para dentro de si. Com ela, mudamos a frequência das ondas cerebrais e nos conectamos com outro nível de energia.

Ela também evita a armadilha da inconsciência do momento presente. Mesmo acreditando que está com a mente livre de pensamentos, você continua com aquele diálogo interno de costume.

Continue lendo para conhecer os 4 pilares da Meditação Guiada e começar a prática.

Texto produzido por Amanda Dreher e publicado no Personare.

Em parceria com Personare