Mulher procura médico por pelo encravado e descobre câncer na vulva

Depois do diagnóstico, a doença evoluiu e foram necessárias três cirurgias para retirar os tumores

Por: Redação

Em março de 2018, a norte-americana Marisa Strupp, com 29 anos, procurou um médico quando sentiu uma espécie de pelo encravado na vulva. Meses depois, a pele foi removida e foi mandada para análise. O resultado foi de um tipo raro de câncer melanoma na vulva em estágio 2.

Ela passou por cirurgia para a remoção do tumor, mas a doença já estava em estágio 3.

“Quando eu recebi o diagnóstico, fiquei horrorizada, assustada e paralisada pelo medo”, disse Marisa ao jornal Metro.

Ela conclui os tratamentos neste mês e passará por novos exames para saber se o câncer foi eliminado.

Compartilhe: