Últimas notícias:

Loading...

Músico tatua nomes de fãs que lhe mandaram cartas de suicídio

Por: Redação

O laço entre um artista e os seus fãs pode ser muito profundo: a música que um compositor cria para desabafar e expressar seus sentimentos inspira, motiva e ajuda muitas outras pessoas. No caso de Robb Nash, esse vínculo foi ainda além: o músico baseado em Winnipeg, no Canadá, tatuou no seu braço as assinaturas de diversas cartas de suicídio que seus fãs já lhe entregaram.

Robb Nash tatuou 120 nomes no seu braço
Robb Nash tatuou 120 nomes no seu braço

Robb está sempre viajando para visitar escolas, centros de detenção e regiões de Primeiras Nações no Canadá para conversar com jovens sobre saúde mental, suicídio, abuso de drogas, bullying e sobre como se pode encontrar esperança mesmo quando as coisas não parecem ter mais solução.

Cinco anos após ter recebido a sua primeira carta de suicídio, o artista decidiu tatuar as assinaturas das 120 primeiras cartas assim que já lhe entregaram. “Todas vez em que encontro pessoas que têm pensamentos suicidas, elas sempre dizem que elas se sentem sozinhas, e que ninguém mais sente-se assim. Minha esperança é que nesses momentos eu possa mostrar a elas o meu braço, para que elas possam ver os nomes de várias outras pessoas que uma vez se sentiram da mesma forma e encontraram a força para receber ajuda e continuar seguindo com a vida”, Robb explicou no seu Instagram. “Isso não é algo que eu pretendo continuar a fazer, pois assim ninguém será motivado a me entregar uma carta na esperança de ter o seu nome tatuado no meu braço”, ele continua, “e eu espero que as pessoas vejam esses nomes e percebam quantas pessoas aí fora estão lutando contra a depressão e contra os pensamentos suicidas. É algo que tomou a vida de muitas pessoas incríveis e talentosas”.

Se você estiver precisando de ajuda ou conhecer alguém que está nessa situação, pode contatar:

Compartilhe: