Não tomar sol diminui expectativa de vida tanto quanto fumar

Por: Redação

Que tomar muito sol, nos horários errados e sem proteção causa danos à pele e câncer é algo muito falado. Mas você sabia que evitar totalmente o astro rei também é ruim para a saúde?

Crédito: Getty Images/iStockphotoEvitar sol aumenta diminui expectativa de vida, mas é preciso cuidado

Pesquisadores do Hospital Universitário de  Karolinska, na Suécia, afirmam que quem toma mais sol  tem menor riscos de sofrer com problemas cardiovasculares e doenças crônicas como diabetes ou esclerose.

A intenção era entender as diferenças entre as principais causas de morte de acordo com o grau de exposição solar, para isso foram acompanhadas quase 30 mil mulheres, entre 25 e 64 anos, por 20 anos.

A expectativa de vida das pessoas que não tinham o hábito de tomar sol era de 6 meses até 2 anos menor do que aquelas do grupo com maior exposição.

As não fumantes que evitavam a luz solar tinham uma expectativa de vida semelhante às fumantes do grupo mais exposto ao sol, indicando que evitar a exposição ao sol é um fator de risco para a morte de uma magnitude similar ao tabagismo, segundo publicação da National Center for Biotechnology Information (Centro Nacional de  Informação de Biotecnologia), dos Estados Unidos.

Porém, a pesquisa apontou que a exposição exagerada aumentou o risco de câncer de pele. Ainda assim, o autor do estudo Dr. Pelle Lindqvist diz que tomar sol está entre os bons hábitos para a saúde, o importante é fazê-lo com cuidado.

Como tirar proveito do sol de forma saudável?

A Vitamina D pode ser encontrada em alimentos de origem animal ou suplementos, porém a principal fonte é o Sol, como aponta matéria do Minha Vida, parceiro Catraca Livre.

Ela faz bem para ossos, coração, prevenção e controle de diabetes e músculos, entre outros benefícios.

Como sua deficiência faz mal à saúde, os médicos recomendam suplementos para quem apresentas taxas reduzidas da vitamina em exames.

Mas a forma mais natural, gratuita, rápida e fácil de manter os níveis de vitamina D é tomar de 15 a 20 minutos de sol por dia. Quanto mais partes do corpo estiverem expostas, melhor, pois a absorção é proporcional ao tanto de pele que recebe a luz solar.

Durante esse pequeno espaço de tempo é importante não passar protetor, pois mesmo o fator 8 já inibe quase 95% a retenção da vitamina, qualquer fator mais que esse diminui pra zero a absorção.

Mas é importante estar atento ao tempo, se após 20 minutos você for continuar sob o sol, aí é importante passar o protetor.

Compartilhe: