No Instagram, Erick Jacquin mostra resultado da cirurgia de varizes

O chef e jurado do "Masterchef" mostrou aos seus seguidores o resultado da cirurgia e disse estar se sentindo "muito melhor

Por: Redação

O chef Erick Jacquin usou o Instagram  na tarde deste domingo, 20, para tranquilizar os fãs após passar por um procedimento cirúrgico na sexta-feira.

Jacquin mostrou aos seus seguidores o resultado da cirurgia de remoção de varizes e disse estar se sentindo “muito melhor.

Crédito: ReproduçãoErick Jacquin mostrou aos seus seguidores o resultado da cirurgia e disse estar se sentindo “muito melhor”

“Depois de 40 anos de service chegou ao dia da manutenção, vamos lá Doct #prof.dr.robertot sacilotto”, escreveu ele na legenda da foto em que aparece com as devidas marcações em metade de perna, logo abaixo do joelho.

Ver essa foto no Instagram

Obrigado Prof. Dr. Roberto Sacilotto. Estou me sentindo muito melhor.

Uma publicação compartilhada por Erick Jacquin Com Tômpero (@erickjacquin) em

“Obrigado Prof. Dr. Roberto Sacilotto. Estou me sentindo muito melhor.”, escreveu ele. O vídeo já recebeu mais de 479 mil visualizações e diversos comentários.

Mais sobre varizes

De acordo com a Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular, 35,5% da população brasileira têm varizes, uma doença que pode causa dores, inchaços e até problemas mais graves, como trombose e úlceras. É mais comum as varizes afetarem as pernas e os pés, mas qualquer veia pode se tornar varicosa, incluindo as da face, estômago ou das costas.

Uma das principais causas de varizes é a influência genética, uma vez que existe forte predisposição familiar. Pessoas com sobrepeso e idosas tendem a apresentar o problema, especialmente mulheres.

A Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular fez uma lista de recomendações que ajudam a evitar que o problema apareça. Confira:

  • Evitar ganhos exacerbados de peso;
  • Dieta rica em fibras para evitar a constipação intestinal;
  • Procurar não permanecer muito tempo parado em pé ou sentado;
  • Não usar cintas abdominais apertadas;
  • Realizar caminhadas e/ou exercícios físicos com supervisão médica;
  • Não fumar;
  • Utilizar sistematicamente meias elásticas, principalmente durante a gravidez;
  • Evitar hormônios anticoncepcionais;
  • Consultar regularmente seu angiologista/cirurgião vascular.

Compartilhe:

Tags:#Saúde