O que nunca te ensinaram para ter um corpo de praia

Forma física e peso corporal não definem quem somos, se estamos felizes, se somos bem-sucedidos, e, muito menos, se devemos ou não ir à praia

Por: Marcela Kotait Comunicar erro

Faltam menos de três meses para o verão chegar. Esse é o período em que se propagam receitas milagrosas para conquistar o corpo de praia. Os chamados “projetos verão” explodem na internet, nas revistas, na televisão e nas redes sociais. Mesmo sem você procurar ou querer, eles te acharão e invadirão seu cotidiano.

As promessas de aproveitar a estação mais quente do ano com um corpo dito “perfeito” vêm acompanhadas de muitos produtos e dietas, reforçando a ideia de que só merecem desfrutar da praia aquelas que se prepararam para tal. O lema básico dos diferentes “projetos verão” é o mesmo: exaltação da força de vontade como pré-condição para perder peso – o famoso “querer é poder”, ou o batido triplo F (Força, Fé e Foco).

mulheres entrando no mar
Crédito: PeskyMonkey/istcokRelação adoecida com o próprio corpo impede o prazer de curtir o verão

O grande problema dessas estratégias ditas milagrosas para atingir o corpo “perfeito” é que ninguém nos lembra sobre o que aconteceu nos verões passados. A maioria esmagadora das pessoas não consegue cumprir as metas planejadas e, por causa disso, passam o mês de janeiro inteiro enroladas na canga, com vergonha de mostrar o corpo, e sem se permitir dar um mergulho refrescante no mar.

Há dois equívocos graves que estão por trás de todos esses projetos. Primeiro: nosso corpo não é maleável como massinha de modelar. Força de vontade e foco não te darão o corpo perfeito para curtir o verão; ao contrário, muito provavelmente te farão desenvolver uma relação adoecida com o seu próprio corpo. Vale lembrar que a insatisfação corporal atinge 96% das mulheres e que o grande contribuinte para tal é o hábito de fazer dietas.

três mulheres abraçadas no mar
Crédito: Rawpixel/istockForma física não deve determinar se devemos ou não ir à praia

Segundo: forma física e peso corporal não têm nada a ver com verão. Eles não definem quem somos, se estamos felizes, se somos bem-sucedidos, e, muito menos, se devemos ou não ir à praia. Atrelar erroneamente silhueta à felicidade, ao sucesso e, muito pior, ao direito de frequentar determinado espaço público é o que permite novos “projetos verão” persistirem por mais um ano, causando tanto mal a todas nós.

Fazer as pazes com o corpo e deixar essas ideias para trás não significa amar o corpo de maneira incondicional; significa, sim, respeitá-lo e entendê-lo. Seu contorno e suas marcas são produtos da sua história, o que os tornam únicos. É preciso valorizar a pluralidade de formas físicas e entender que todos têm o direito de brincar o verão.

Em poucas palavras: sabe o que você precisa para ter um corpo de praia? Duas coisas: um corpo e ir à praia! Esse é o único “projeto verão” que você deve seguir.

Texto escrito pela nutricionista Marcela Kotait.

Compartilhe:

1
03:38
Cuidados e prevenções para a saúde das mulheres
Dores menstruais parecem típicas, mas podem ser um sinal de endometriose. Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, …
2
02:37
Saiba quais são os sintomas do Transtorno bipolar
O transtorno bipolar vai além das variações de humores. Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, psiquiatra e professor da Unifesp, …
3
01:40
O que é a Fibromialgia e quais os sintomas?
Você já sentiu dores intensas em algumas partes do corpo? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, fala …
4
04:15
Quais são os sintomas que indicam diabetes?
Você sente uma fome excessiva, mas não consegue identificar o por quê? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e …
5
04:43
Quais são os sintomas da Esquizofrenia?
A esquizofrenia é um dos tipos da psicose, que é um sintoma que descreve condições que afetam a mente. Hoje, o …
6
03:10
Como os fatores sociais impactam a expectativa de vida
Saneamento básico e desemprego são alguns dos fatores que podem impactar diretamente com a nossa longevidade. Hoje, a Dra. Aline de …
7
01:28
Psicose: saiba como identificar
Pensamentos vagos e incoerentes? Como identificar um surto psicótico? Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, fala sobre os sintomas da …
8
02:11
Saiba como identificar os sintomas da diverticulite
A diverticulite tem se tornado uma doença comum, principalmente para pessoas acima dos 60 anos. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …