Informar

Pílula contraceptiva para homens pode chegar ao mercado em 2021

Por: Redação | Comunicar erro

Pesquisadores da Universidade de Wolverhampton, na Inglaterra, descobriram um composto que faz com que os homens se tornem temporariamente inférteis, impossibilitando a habilidade dos espermatozoides “nadarem”, além de desativar a proteína que faz a “calda” da célula se mover.

Logo, se as células não se movem, elas não conseguem chegar ao óvulo, impedindo a fertilização.

Pesquisa foi feita por cientistas europeus
Crédito: Getty Images/iStockphotoPesquisa foi feita por cientistas europeus

A pesquisa foi revelada ao tabloide inglês “Daily Mail” neste domingo, dia 23. Depois dessa descoberta, os estudiosos ingleses se juntaram a especialistas em fertilização in vitro da Universidade de Aveiro, em Portugal, que identificaram uma proteína que impede a formação da calda dos espermatozoides. Juntas, as equipes fizeram testes e logo vão publicar seus resultados.

Agora, a ideia é fazer testes em animais em dois ou três anos. Normalmente são necessários três ou cinco anos para colocar um novo medicamento no mercado depois de experimentos em seres vivos. Logo, a chamada “pílula masculina” poderá estar disponível no mercado em 2021.

Leia a reportagem na íntegra aqui.

Compartilhe: