Últimas notícias:

Loading...

Quando a rede social vira cardápio e desperta gatilhos

Organizar seu feed e silenciar perfis pode ajudar a evitar comportamentos alimentares indesejados

Por: Marcela Kotait

Enquanto deslizamos os dedos nos feeds infinitos das redes sociais, deparamo-nos com uma oferta impressionante de comida. A tela do celular vira um cardápio gigantesco, oferecendo desde opções para entrega imediata como outras que nos enchem a boca de saliva e ficam em nossas mentes por dias.

Esse estímulo, cada dia mais frequente, aumenta nosso desejo por comer de maneira não planejada e, dependendo do momento que surge, traz consigo urgência para ser saciado.

rede social vira cardápio
Crédito: Gorodenkoff/istockTentações alimentares deslizam a todo instante no feed podendo despertar gatilhos

Embora comer por conta de características sensoriais, como aparência ou aroma, faça parte de uma alimentação verdadeiramente saudável, devemos nos atentar à frequência e aos sentimentos posteriores ao ato de comer nessas condições.

Se a oferta e propaganda de alimentos nas redes sociais é grande, o desejo por comê-las aumenta na mesma proporção. A disponibilidade ou oportunidade para comer é um dos motivadores mais comuns e a tela do celular acaba se transformando em um grande gerador desses motivadores.

Com o encorajamento externo para degustar algo diferente, o sentimento posterior deve ser levado em consideração. Isso porque quando comemos de maneira não planejada o sentimento de culpa e remorso pode acompanhar a experiência gastronômica.

Como esbanjamos muito tempo do nosso dia navegando pelas redes sociais, é possível que tentações alimentares passem por você diversas vezes; dessa maneira, para manter a organização e equilíbrio da alimentação algumas diretrizes podem ajudar a minimizar os impactos da lembrança constante de comida. Desde a organização do feed, silenciando ou até mesmo deixando de seguir perfis que te despertem pensamentos obsessivos por comer, além do planejamento das refeições, sejam as triviais ou as mais especiais.

Reservar um momento de tranquilidade e calma em que a comida possa ser apreciada sem distrativos tende a aumentar ainda mais o prazer e atenção ao ato de comer.

Entender os seus interesses pelas redes sociais pode ajudar a construir um feed mais organizado e conforme sua rotina. Seguir ou não algum perfil pode ter impacto grande na sua vida, nas suas distrações e na sua rotina. O poder e a responsabilidade que temos por nossas redes está, literalmente, em nossas mãos. Crie uma lista de perfis que colabore com sua saúde de maneira verdadeira, evitando gatilhos para comportamentos alimentares conflitantes e que podem impactar na relação com a comida.

Texto escrito pela nutricionista Marcela Kotait.

Compartilhe: