Saúde mental masculina: a importância de procurar ajuda

Segundo relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), a taxa de suicídio é maior entre pessoas do sexo masculino

homem na janel
Crédito: PixabayMuitas vezes, alguns homens só buscam ajuda quando estão em uma situação muito delicada

Desde pequenos, os homens são ensinados a reprimir suas emoções. “Homem não chora”. Que homem nunca ouviu essa frase de um familiar? Um dos principais motivos é a velha masculinidade tóxica, em que os homens são criados com uma visão tradicional de masculinidade, que muitas vezes é associada à falta de sensibilidade e empatia.

Por conta dessa criação, eles acabam criando uma grande barreira que os inibe de procurar ajuda psicológica no momento necessário. Segundo o relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil a média é 13,7 homens e 7,5 mulheres para população de 100 mil habitantes de pessoas que cometem suicídio.

Em muitos casos, os pacientes buscam ajuda quando estão numa situação muito delicada e não sabem mais como agir. Independentemente do gênero, quando uma pessoa está passando por uma condição de angústia, é o momento de procurar pela Psicanálise, pois existe cura para essa dor.

Continue lendo para saber mais sobre a importância de cuidar da saúde mental dos homens

Texto produzido por Bruna Rafaele e publicado por Personare.

Em parceria com Personare

Compartilhe:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário personare

A Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.