Setembro Amarelo: separamos 8 livros que tratam da depressão

Por: Catraca Livre
 A depressão é uma doença muito séria e que assola mais de 400 milhões de pessoas no mundo todo. Ela é a causa principal do suicídio e, mesmo com tal impacto, o mundo ainda acredita que seja um tabu falar sobre isso. O Setembro Amarelo foi criado com o intuito de quebrar esse tabu.

Precisamos falar sobre a depressão, precisamos falar sobre o suicídio. Esses problemas, que estão tão intimamente interligados, não “irão embora” se forem ignorados. E, na verdade, ignorá-los só é pior e contribui no crescimento deles.

A campanha do Setembro Amarelo tem como objetivo fazer as pessoas se educarem, aprenderem e discutirem cada vez mais sobre esses assuntos. Eles estão aqui, não dá mais para escondê-los.

Pensando nisso, o ONDDA compilou uma lista com oito livros, desde clássicos até a literatura infanto-juvenil, que lidam com a depressão. Confira:

As Vantagens de Ser Invisível – Stephen Chbosky (2007)
O livro reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe – a não ser pelo que ele conta nessas correspondências -, que vive um claro quadro de depressão. O garoto adolescente conta um pouco da sua vida nos anos 1990 e suas palavras mostram que ele vive entre a apatia e o entusiasmo, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela. A obra foi adaptada para o cinema em 2012, com Logan Lerman, Emma Watson e Ezra Miller no elenco.
Saiba mais

Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

As Virgens Suicidas – Jeffrey Eugenides (1993)
Um clássico instantâneo, o livro de Eugenides, ambientado nos anos 1970, tem como tema principal a história de cinco irmãs adolescentes que se matam em sequência e sem motivo plausível. A tragédia ocorre dentro de uma família que, apesar da revolução sexual da época, ainda vive sob rígidas restrições morais e religiosas. A trama é contada do ponto de vista dos garotos da vizinhança. Em 1999, a história foi adaptada para o cinema pela diretora e roteirista Sofia Coppola.
Saiba mais

Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

Confira a relação completa aqui.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.