Publicidade

Informar

Site vai unir pacientes a médicos e mercado de maconha medicinal

Por: Redação | Comunicar erro
...
Publicidade

Em pouco mais de três anos, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou a importação de 78 mil unidades de produtos à base maconha para uso medicinal.

Os medicamentos derivados da cannabis são usados para tratamento de doenças crônicas como Alzheimer, epilepsia e esclerose múltipla.

A Dr. Cannabis nasceu com a ambição de ser referência no setor na América Latina
Crédito: Rouzes/iStockA Dr. Cannabis nasceu com a ambição de ser referência no setor na América Latina

Mas o processo é lento e ainda existem poucos médicos que prescrevem medicamentos feitos com canabidiol (CBD), um dos principais elementos ativos da maconha, além de serem caros.

Uma plataforma recém-lançada pretende conectar pacientes, médicos e empresas que produzem, revendem e prescrevem canabinoides de forma legal, responsável e comprometida.

Criada por Viviane Sedola, cofundadora do Kickante (site para financiamento coletivo de projetos) e a médica Paula Dall’Stella, pioneira na prescrição e acompanhamento a pacientes em uso de cannabis medicinal desde 2014, a Dr. Cannabis (drcannabis.com.br) nasceu com a ambição de ser referência no setor na América Latina.

O canabidiol –composto presente na maconha– pode ser usado no tratamento de doenças de pele
Crédito: iStockO canabidiol –composto presente na maconha– também pode ser usado no tratamento de doenças de pele

“Vamos oferecer aos pacientes um balcão completo de cannabis medicinal legal, desde o conteúdo científico ao contato de médicos e os caminhos para facilitar a importação do que lhe for prescrito”, diz Viviane.

Crowdfunding

A plataforma lançou uma campanha de ‘equity crowdfunding” –mecanismo que oferece oportunidades inéditas de investimento on-line em startups e empresas em expansão — para levantar recursos para o desenvolvimento de novas funcionalidades, serviços e conteúdos, facilitando o acesso à plataforma.

A meta da campanha, que começa no dia 10 de agosto, é arrecadar R$ 750 mil. Será ofertado aos investidores 15% do capital da Dr. Cannabis. O valor mínimo da cota é de R$ 1.000.

Mais informações: www.startmeup.com.br.

Compartilhe:

Publicidade
Publicidade

Você sabe o que é feminicídio?

O restaurante de comida havaiana do ex-masterchef Ravi

Conheça o lavandário de Cunha

ASMR: O fenômeno do "orgasmo mental"

Publicidade