Site vai unir pacientes a médicos e mercado de maconha medicinal

Por: Redação | Comunicar erro

Em pouco mais de três anos, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou a importação de 78 mil unidades de produtos à base maconha para uso medicinal.

Os medicamentos derivados da cannabis são usados para tratamento de doenças crônicas como Alzheimer, epilepsia e esclerose múltipla.

A Dr. Cannabis nasceu com a ambição de ser referência no setor na América Latina
Crédito: Rouzes/iStockA Dr. Cannabis nasceu com a ambição de ser referência no setor na América Latina

Mas o processo é lento e ainda existem poucos médicos que prescrevem medicamentos feitos com canabidiol (CBD), um dos principais elementos ativos da maconha, além de serem caros.

Uma plataforma recém-lançada pretende conectar pacientes, médicos e empresas que produzem, revendem e prescrevem canabinoides de forma legal, responsável e comprometida.

Criada por Viviane Sedola, cofundadora do Kickante (site para financiamento coletivo de projetos) e a médica Paula Dall’Stella, pioneira na prescrição e acompanhamento a pacientes em uso de cannabis medicinal desde 2014, a Dr. Cannabis (drcannabis.com.br) nasceu com a ambição de ser referência no setor na América Latina.

O canabidiol –composto presente na maconha– pode ser usado no tratamento de doenças de pele
Crédito: iStockO canabidiol –composto presente na maconha– também pode ser usado no tratamento de doenças de pele

“Vamos oferecer aos pacientes um balcão completo de cannabis medicinal legal, desde o conteúdo científico ao contato de médicos e os caminhos para facilitar a importação do que lhe for prescrito”, diz Viviane.

Crowdfunding

A plataforma lançou uma campanha de ‘equity crowdfunding” –mecanismo que oferece oportunidades inéditas de investimento on-line em startups e empresas em expansão — para levantar recursos para o desenvolvimento de novas funcionalidades, serviços e conteúdos, facilitando o acesso à plataforma.

A meta da campanha, que começa no dia 10 de agosto, é arrecadar R$ 750 mil. Será ofertado aos investidores 15% do capital da Dr. Cannabis. O valor mínimo da cota é de R$ 1.000.

Mais informações: www.startmeup.com.br.

Compartilhe:

1 / 8
1
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
2
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
3
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
4
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
5
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
6
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …
7
04:56
‘Risk’, na Netflix, vaza a imagem não autorizada de Julian Assange
Será que, em um ato de coragem, você arriscaria sua própria liberdade para trazer à tona realidades que manipulam a …
8
07:44
Saiba tudo sobre os métodos anticoncepcionais
Prevenção é essencial quando o assunto é relação sexual. Hoje, há outros modos de prevenção que vão além da pílula e …