Últimas notícias:

Loading...

7 lugares para você curtir a natureza em Bonito (MS)

Por: Redação

Um dos maiores polos de ecoturismo do Brasil, Bonito (MS) tem uma rica natureza que encanta a todos. São cachoeiras, grutas, mata densa, lagos, fauna silvestre e quedas d’água inesquecíveis.

Seja para conhecer e esquecer-se num dos poços e cachoeiras locais ou mesmo aventurar-se no ecoturismo, Bonito tem diversas opções para aproveitar o verão, curtindo a natureza. Vale lembrar que a maioria dos passeios deve ser feita sob o atendimento de um guia/agência especializada, por razões de segurança.

Interior do abismo Anhumas iluminado por raios solares através de claraboia natural

Não devemos esquecer que passeios na natureza requerem alguns cuidados na hora de aprontar as malas: – Calçados adequados, como tênis, boot, papete, Crocs, Tivas, Roupas leves, roupa de banho, toalha, repelente, protetor solar e dinheiro para consumos no local, porque nem sempre os estabelecimentos oferecem a opção de pagamento em cartão.

1 – Conhecer as 7 cachoeiras da Estância Mimosa – Um passeio de aproximadamente 4 horas, (23 km de Bonito) por entre uma trilha no meio da mata -uma das cachoeiras impressionantes é a Cachoeira do Salto, que tem uma plataforma de 6 metros para os mais corajosos pularem!

2 – Flutuação na Nascente Azul – Percorrendo a Serra da Bodoquena, a nascente azul surge como uma imensa miragem azul no meio de tanto verde. Isso se deve ao fenômeno natural chamado espelhamento, quando a água reflete um tom azul turquesa pouco visto fora da natureza. Os equipamentos de mergulho como snorquel e flutuador são cedidos pelas agências, com os valores inclusos no valor do passeio.

3 – Balneário lago da Capela – O lago da capela é ideal para passar o dia sem se preocupar muito. O lago é formado pelas águas da nascente do rio Bonito, onde várias espécies de peixes podem ser observadas, além de uma relaxante cascata para os viajantes mais cansados.

Um lugar excelente para banho, praia natural ideal para crianças brincarem em segurança. Decks, redário e passarelas compõem o lugar. Uma capela ecumênica está sempre aberta para reflexão. Para os amantes do Turismo Aventura, o lago tem caiaque, tirolesa e corda-bamba. Isso sem contar com os serviços de bar e restaurante.

Interior do abismo Anhumas iluminado por raios solares através de claraboia natural

4 – Abismo Anhumas – Uma das mais famosas cavernas do Brasil, com 70 metros de profundidade, localizada a 23 km de Bonito, foi descoberta em 1970, por um peão, após um incêndio na mata local. Uma fenda no chão, a qual só é possível descer de rapel –72 metros de descida vertical, você chega ao fundo em 5 minutos (haja coração!) ao terminar a descida o visitante pousa numa plataforma flutuante sobre um lago de águas cristalinas e cones de calcário, que chega a 80 metros de profundidade, da largura de um campo de futebol. Aventura inesquecível!

Lagoa Misteriosa – Ideal para a prática de flutuação e mergulho, com peixes coloridos e muito verde, as águas azuis da lagoa misteriosa impressionam pela incrível transparência e visibilidade. Na realidade essa incrível lagoa fica em Jardim, bem próxima a Bonito.

Para chegar à lagoa Misteriosa é preciso fazer uma trilha de 600 m até chegar ao mirante de contemplação

É a sétima caverna mais profunda do país e uma das mais profundas cavernas inundadas do Brasil , com mais de 220 metros de coluna d’água.

Para acessar a lagoa, o visitante deve percorrer uma trilha que leva ao mirante para contemplar toda a beleza da vegetação que cobre a lagoa. O acesso ao espelho d’água se dá por uma escadaria de 170 degraus. De outubro a abril não há batismos de mergulho ou atividades de flutuação devido a proliferação das microalgas, que reduzem a visibilidade –neste período apenas mergulhos certificados são permitidos.

Praticar esportes radicais – boia-cross, rapel, mergulho, flutuação, trekking, rafting, biking, arvorismo, entre outras aventuras radicais que podem ser contratadas pelas inúmeras agências em Bonito. Aqui a ordem é se encantar e interagir com a natureza.

Visitar o Projeto Jiboia – à partir das 19h, no Projeto Jiboia acontece uma divertida palestra sobre a importância da preservação do animal. Depois do bate-papo, todos podem colocar a cobra nos ombros para uma foto.

Compartilhe: