Brasiliense cria site de hospedagem colaborativa para mulheres

Nova rede conecta e empodera mulheres viajantes

Por: Redação | Comunicar erro

Um levantamento feito pelo MTur (Ministério do Turismo) apontou que quase 18% das mulheres brasileiras preferem viajar sozinhas.

De olho neste mercado, uma plataforma recém-lançada no Brasil promete conectar mulheres viajantes a moradoras locais oferecendo hospedagens colaborativas a preços acessíveis.

mulheres viajantes
Crédito: DivulgaçãoA SisterWave empodera e conecta a mulher viajante a moradoras locais

A iniciativa é da empresária brasiliense Jussara Pellicano, que lançou a SisterWave com objetivo de empoderar e encorajar as mulheres a viajaram mais.

A SisterWave já conta 360 sisters (como são chamadas as usuárias) e 40 anfitriãs em 26 cidades , como Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Manaus e Belo Horizonte.

O funcionamento é bem simples. O primeiro passo é fazer um cadastro. Depois é escolher o destino e  buscar pelas anfitriãs  e fazer o pagamento pela plataforma.

Mulheres viajantes
Crédito: DivulgaçãoNova rede conecta e empodera mulheres viajantes

O projeto surgiu das experiências de viagem de Jussara Pellicano, que já andou por 17 países em três continentes, e em muitos momentos fez isso sozinha.

Ela percebeu pela sua própria vivência e pelos relatos de outras mulheres viajantes, que durante as viagens as mulheres se sentem bem mais inseguras do que os homens devido ao risco de assédio e violência, inclusive em hospedagens colaborativas.

Segundo Jussara, o objetivo da rede e diminuir esses obstáculos que amedrontam e muitas vezes impedem as mulheres de viajar, principalmente sozinhas.

“Nós, mulheres, passamos constantemente por situações desconfortáveis e criamos várias ferramentas para nos proteger que nem sequer passam pela mente dos homens. Utilizei hospedagens colaborativas durante minhas viagens e felizmente, nada de ruim aconteceu comigo. Mas escutei muitos relatos de assédio e desconforto de mulheres próximas que se hospedaram com homens e, por isso, sempre ficava bem receosa e me precavia”, diz Jussara.

Compartilhe:

1 / 8
1
02:29
Operação Lava Jato ignora repasse suspeito de Paulo Guedes
Uma reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que a Operação Lava Jato poupou o ministro da Economia, …
2
02:40
Partículas de queimadas são encontradas em água de chuva em SP
O fenômeno que atingiu São Paulo na última segunda-feira, 19, e transformou o dia em noite em diversas regiões do …
3
03:36
Nem os eleitores de Bolsonaro concordam com a indicação de Eduardo
Em meio às polêmicas que dão o tom nos primeiros oito meses do governo Bolsonaro, uma pesquisa recente mostra que …
4
02:07
Catraca Livre e MBL promovem debate sobre a política nacional
Para fortalecer a construção de um debate democrático, a Catraca Livre vai promover, nesta sexta-feira, dia 23, às 12h30, um …
5
05:46
Os melhores tipos de música que ajudam na gravidez
A partir do sexto mês de gestação, a criança já tem audição definida. Quais são os estímulos e efeitos que as …
6
03:26
Frota reconhece uso de ‘fake news’ na eleição de Bolsonaro
Na última edição do Roda Viva, da TV Cultura, o deputado federal Alexandre Frota (PSL) revelou que sabia sobre o …
7
04:24
Jatinhos: Bolsonaro ataca Huck, mas não fala nada de Hang
Após receber críticas de Luciano Hulk, o presidente Jair Bolsonaro resolveu mostrar o financiamento que o apresentador  recebeu do BNDES …
8
04:15
Bolsonaro recuará na indicação de Eduardo para embaixada ?
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) admite, pela primeira vez, a possibilidade de não indicar seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro, …