Casal faz trabalho voluntário em troca de hospedagem na Tailândia

Por: Redação | Comunicar erro

Viajar tem se tornado cada vez mais barato com a tecnologia e a internet ao nosso favor. Já se foi o tempo em que era necessário ser rico para conhecer o mundo. Uma forma que muitas pessoas têm usado para viajar mais é trabalhar em troca de hospedagem e moradia.

O casal Flávio e Andressa aproveita o dia de folga em Khanom Beach, na Tailândia

É caso do casal Flávio e Andressa, do blog Viaje Leve. Recentemente eles passaram um ano na Ásia e, boa parte desse tempo, foi fazendo trabalhos voluntários pela plataforma Workaway.

Para quem não conhece, o Workaway é um site em que você se cadastra e procura empregos ao redor do Brasil e do mundo.

Flavio criando o novo cardápio do bar que trabalharam voluntariamente na Tailândia

As ofertas vão desde trabalhos em hotéis e hostels até cuidar de animais e ensinar inglês para comunidades pobres. Em troca disso, o empregador oferece acomodação e, em alguns casos, uma das refeições ou até mesmo todas.

“Nosso primeiro trabalho foi em uma praia não muito conhecida na Tailândia, chamada Khanom Beach, que fica na província de Nakhom Si Thammarat. A praia não fica na rota turística, pelo mesmo na dos brasileiros”, conta Flávio.

Limpando o terreno

Abaixo o casal Flávio e Andressa conta como era o trabalho

O trabalho acontecia em um reggae bar pé na areia. Enquanto Andressa ajudava na limpeza e atendimento do bar, eu, cuidava da parte onde todos os voluntários e o empregador moravam, limpando o terreno para a horta, tirando todo o lixo e dando um trato no local que serviria para um filme institucional, que estava sendo filmado no local.

Vista de Khanom Beach

Além disso, ajudei na parte de design, criando o novo cardápio do bar, onde alguns petiscos brasileiros como coxinha e bolinha de queijo foram adicionados. Também ajudamos durante a filmagem e até participamos de alguns takes desse filme.

O que recebemos em troca do trabalho

Andressa aproveitando o dia de folga

Trabalhávamos cinco vezes por semana, cinco horas por dia, essas divididas em dois turnos: das 8h às 11h e das 16h às 18h, tendo a tarde livre para descansar, curtir a praia ou trabalhar no blog. Em troca dessas horas de trabalho, recebíamos acomodação em um bangalô bem simples e todas as refeições que eram preparadas por nós mesmos. Mesmo nosso bangalô sendo bem simples, chuveiro sendo de água fria e a descarga funcionar na base do balde, foi bem fácil se acostumar e desapegar de tudo.

Como era o dia a dia

Almoço com voluntários e o dono do bar

De início foi algo bem diferente que com o tempo se tornou gratificante. Tinham dias que acordávamos para ver o sol nascer de frente para o mar. Em outros, nadávamos durante a noite, vendo o show de bioluminescência que os fitoplânctons davam dentro da água.

Conhecemos pessoas do mundo todo e convivemos com o povo local, aprendendo muito sobre seus costumes e língua. Como a cidade não era turística, muitas pessoas não falavam inglês, mas foi uma das partes da Tailândia em que encontramos o povo mais hospitaleiro do país.

Flávio com os amigos caninos

Aos finais de semana uma banda de reggae tocava no bar. E falando em bar, a conta era na base da confiança. Cada um pegava o que queria e anotava em um caderninho, algo muito difícil de ver nos dias atuais.

É realmente possível economizar com o Workaway?

Com certeza! Mesmo o local de trabalho sendo distante da cidade, era possível economizar bastante, já que não tínhamos gastos com nada. Para quem viaja por um longo período de tempo e quer ter uma imersão cultural maior, fazer um trabalho voluntário é uma das melhores opções.

Flávio com os amigos tailandeses
Flávio com os amigos tailandeses
uma das noites no bar
uma das noites no bar
Dia de folga
Dia de folga
Na feira
Na feira
Nosso bangalô
Nosso bangalô
Com o dono do bar
Com o dono do bar

Além de economizar, você vai conhecer pessoas que não conheceria em uma viagem comum. Mesmo para nós que temos o trabalho do blog, é possível conciliar os dois, já que o trabalho voluntário não é tão pesado assim.

Acompanhe as aventuras de Flávio e Alessandra no site, Facebook, YouTube ou Instagram.

Compartilhe:

1 / 8
1
01:45
Visitamos uma fantástica fábrica de chocolate
2
03:24
Vovó deixa presídio e ensina como viajar pelo mundo
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece. -------------------------------------------------------- DIREÇÃO: …
3
01:20
Karol Conka indica 2 lugares incríveis para conhecer em Curitiba
Convidada pelo Colaí Indica para falar sobre os seus rolês favoritos em Curitiba, cidade natal da rapper, Karol Conka mostrou …
4
03:31
Conheça o Embalse El Yeso, na Cordilheira dos Andes
Perfeito tanto para quem passará várias dias em Santiago, ou até mesmo para quem terá uma passagem breve pela cidade, …
5
02:49
A lama de Brumadinho respinga no governo do Bolsonaro
6
02:25
9 lugares incríveis para visitar de graça em Belo Horizonte
O Circuito Liberdade é um grande complexo cultural localizado em Belo Horizonte. Prédios públicos ganharam novos usos para hospedar arte …
7
01:49
9 lugares com uma vista incrível no Rio de Janeiro para você fotografar
Conheça 9 lugares incríveis e de graça para você curtir as paisagens do Rio de Janeiro e ainda tirar fotos …
8
01:40
Os destinos gastronômicos favoritos dos foodies
Torres de queijo, banquinhos de chocolate e sushis gigantescos. Prepare-se para comer com os olhos com os destinos gastronômicos mais …