Chile também é destino para quem quer observar estrelas

Observatórios científicos e centros turísticos se unem para oferecer experiência inesquecível

Por: Redação | Comunicar erro

Nos últimos anos, o Chile se tornou num dos principais destinos internacionais mais visitados por brasileiros.

Além de paisagens de tirar o fôlego, da gastronomia, e dos vinhos, é claro, o país oferece atrações para todos os tipos de viajante –dos aventureiros aos mais urbanos.

Chile
Crédito: Chile TravelChile é o melhor lugar do mundo para observar as estrelas

Mas uma das atrações que vem ganhado destaque é turismo astronômico ou astroturismo — observação do céu e fenômenos celestes.

O Chile é reconhecido mundialmente por ter o céu mais puro, claro e limpo do mundo, o que facilita a prática.

O norte do país ostenta mais de 40% da infraestrutura para a observação astronômica do mundo, e estima-se que aumentará em 60% nos próximos dez anos.

Chile
Crédito: Divulgação/ChileTravelA radiotelescópio do Observatório ALMA, que fica no Atacama

Isso, somado a grande quantidade de dias com tempo aberto –mais de 300 por ano–, as poucas partículas de poeira, umidade do ar baixa e diversidade geográfica dos terrenos (altos e áridos), podemos concluir que o Chile reúne as condições perfeitas para a instalação de telescópios.

O país conta com os maiores e mais importantes observatórios do mundo de categoria científicas, como o Observatório Paranal, o radiotelescópio do Observatório ALMA (Atacama Large Millimeter Array) e o ELT (Extremely Large Telescope) da Paranal, que ainda será inaugurado e tornará o observatório centro astronômico óptico de maior magnitude do mundo.

Motivados por um público interessado em aprender e apreciar os mistérios do Cosmos, algumas centros estimulam o desenvolvimento e a expansão do astroturismo no Chile.

Chile
Crédito: Divulgação/ChileTravelObservatório Mamalluca, no Vale de Elqui, é o pioneiro no astroturismo no Chile 

Pré-colombianas

Além disso, uma dose étnica foi adicionada, misturando astronomia com a visão das comunidades pré-colombianas.

Por exemplo, no Atacama é proposto o etno-astroturismo ou arqueo-astronomia, que ajuda a compreender a cosmovisão andina desenvolvida pelos “likan antay” ou atacamenhos, permitindo entender o impacto que as constelações tiveram na vida dos povos andinos.

Muitos desses programas propostos são organizados por guias atacamenhos que são especialistas no assunto. Também são oferecidos tours de astrofotografia, guiados por fotógrafos que convidam os turistas a capturar as imagens mais espetaculares da galáxia.

Chile
Crédito: Divulgação/ChileTravelO observatório La Silla oferece tour aos sábado

Rota astronômica

A maioria dos observatórios científicos oferecem tours gratuitos. Mas é bom ficar atento, já que as são vagas limitadas e é preciso fazer reserva com no mínimo um mês de antecedência.

A rota astronômica começa nas redondezas de Antofagasta, no Observatório Paniri Caur, localizado em Chiu Chiu, no interior de Calama. Na região, a astronomia e a arqueologia se complementam.

Chile
Crédito: ESO/A. Ghizzi PanizzaVista do Observatório Paniri Caur, localizado em Chiu Chiu

O tour inclui uma palestra introdutória, observação das constelações clássicas e indígenas, e atividade com telescópio de 14 polegadas.

Já no Observatório Alarkapin,  localiza em São Pedro do Atacama, há atividades distintas além da observação com telescópios, como caminhadas noturnas e palestras especiais de solstícios e equinócios.

Observatório Inca de Oro, a 100 km de Copiapó. As visitas acontecem de segunda a sábado, começando às 21h e é possível solicitar cavalgadas de observação em grupo pelos arredores.

Chile
Crédito: Divulgação O Observatório Inca de Oro, em Copiapó

De baixo do mesmo céu puro, se encontra o Observatório del Pangue, que possui o maior telescópio público do país, com 25 polegadas, o Cancana, em Cochinguaz, e o Cielo Sur,  em Pisco del Elqui. Um pouco mais afastado, a 25 km de La Serena, se encontra o Observatório Cerro Mayu.

Ao noroeste de Vicuña, no meio dos céus inconfundíveis do Vale de Elqui, se encontra o observatório pioneiro do astroturismo: o Observatório Mamalluca. Seu tour inclui traslados, uma palestra introdutória, observação à olho nu e com telescópios grandes e pequenos.

chile
Crédito: DivulgaçãoTurista observa o céu no Observatório Cielo Sur,  em Pisco del Elqui

Observatório Collowara fica perto de Andacollo, e é um dos centros mais modernos do país. Possui telescópios distintos, além de salas de conferência com material audiovisual. Lá também são realizadas atividades como jantares temáticos e cavalgadas no setor.

O Observatório Cruz del Sur, localizado ao sul de La Serena, possui quatro cúpulas com telescópios entre 12 e 16 polegadas para observar distintas zonas do céu.

Observação na capital

Santiago não fica de fora da rota do astroturismo. A capital chilena conta com interessantes iniciativas para conhecer os segredos escondidos nas estrelas, como o Observatório Astronômico Andino.

O Observatório Astronômico Nacional, localizado no Cerro Calán, realiza visitas guiadas de setembro a maio, exceto em fevereiro. Sempre que as condições climáticas permitirem.

Chile
Crédito: DivulgaçãoTelescópio do Observatório Astronômico Pailalén, em Cajón de Maipo

Em Cajón del Maipo fica o Observatório Roan Jasé, que oferece tours astronômicos e observação diurna (solar) e noturna com telescópios de diversos tamanhos. O tour combina a astronomia clássica com elementos de cosmovisão mapuche.

No mesmo setor se encontra o Observatório Astronômico Pailalén, que tem rotas que incluem palestras, reconhecimento do céu noturno, e observação por telescópios. Além disso, conta com restaurantes, cafeterias e carta de vinhos.

Compartilhe:

1 / 8
1
01:45
Visitamos uma fantástica fábrica de chocolate
2
03:24
Vovó deixa presídio e ensina como viajar pelo mundo
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece. -------------------------------------------------------- DIREÇÃO: …
3
01:20
Karol Conka indica 2 lugares incríveis para conhecer em Curitiba
Convidada pelo Colaí Indica para falar sobre os seus rolês favoritos em Curitiba, cidade natal da rapper, Karol Conka mostrou …
4
03:31
Conheça o Embalse El Yeso, na Cordilheira dos Andes
Perfeito tanto para quem passará várias dias em Santiago, ou até mesmo para quem terá uma passagem breve pela cidade, …
5
02:49
A lama de Brumadinho respinga no governo do Bolsonaro
6
02:25
9 lugares incríveis para visitar de graça em Belo Horizonte
O Circuito Liberdade é um grande complexo cultural localizado em Belo Horizonte. Prédios públicos ganharam novos usos para hospedar arte …
7
01:49
9 lugares com uma vista incrível no Rio de Janeiro para você fotografar
Conheça 9 lugares incríveis e de graça para você curtir as paisagens do Rio de Janeiro e ainda tirar fotos …
8
01:40
Os destinos gastronômicos favoritos dos foodies
Torres de queijo, banquinhos de chocolate e sushis gigantescos. Prepare-se para comer com os olhos com os destinos gastronômicos mais …