Saiba como é a montanha-russa de arremesso mais alta da Flórida

Diferente de outras montanhas-russas, na Tigris o carrinho é lançada para a frente e para a trás

Por: Porta de Embarque

A montanha-russa de arremesso mais alta da Flórida, a Tigris, foi inaugurada no Busch Gardens em 19 de abril. E o blog Porta de Embarque esteve lá para testar e contar como é.

A Tigris, como o nome indica, imita o movimento de um tigre. E, como qualquer montanha-russa, dá mais medo olhar do que andar nela. Por isso, a primeira dica é: não pense muito. Só vá.

VEJA O PASSO A PASSO PARA PEDIR OU RENOVAR O PASSAPORTE

Para quem vê de fora, é realmente aterrorizante. Diferente de outras montanhas-russas, na Tigris o carrinho é lançada para a frente e para a trás, de ré, a uma velocidade de quase 100 km/h. O lançamento, no início, já começa com adrenalina. Nada daquela subida devargarzinha, para ir preparando o coração aos poucos e olhando a vista com calma.

Carrinho e looping da Tigris
Crédito: DivulgaçãoA Tigris, como o nome indica, imita o movimento de um tigre

O carrinho dispara ao som de um rugir de tigre, começa a subida mas de repente volta de ré como um tigre recuando para pegar impulso. E então vem a adrenalina de verdade: sobe de novo com tudo, a praticamente 90 graus até chegar a 45 metros de altura, e girando no próprio eixo – feito um tigre subindo uma árvore atrás da caça, e é aí que começam os  loopings.

A nova montanha-russa Tigris
Diferente de outras montanhas-russas, na Tigris o carrinho é lançada para a frente e para a trás

Se você leu a descrição e ficou com medo, fica um incentivo: dura só cerca de 45 segundos e por conta dos lançamentos e do movimento para trás, será uma sensação diferente de qualquer outra. Outra característica do tigre que inspirou a Tigris: quando o animal corre, o rabo faz o contrabalanço, o que resulta em curvas rápidas. Está aí a inspiração para a velocidade nos loopings dessa montanha-russa que é a mais radical do Busch Gardens.

Veja mais sobre a montanha-russa no blog Porta de Embarque.

Compartilhe:

Tags:#Mundo
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Por: Porta de Embarque

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Porta de Embarque da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.