Últimas notícias:

Loading...

Saiba como é se hospedar em uma tenda de luxo na África do Sul

Por: Redação

A cidade de Outdshoorn, na África do Sul, é conhecida como a capital mundial do avestruz, onde basicamente a economia gira em torno da ave. Sua região semidesértica, cuja temperatura no verão pode chegar a 50ºC nos remete ao velho oeste e o seu exotismo abrange também suas acomodações.

Já imaginou se hospedar em uma tenda com todo conforto na aridez sul-africana? Veja como esta aventura é barato e possível.

Os avestruzes são a principal fonte de renda da região de Oudtshoorn, na África do Sul
Crédito: André AraújoOs avestruzes são a principal fonte de renda da região de Oudtshoorn, na África do Sul

A tenda Africamps tem capacidade para até cinco pessoas, situadas em uma região onde a vegetação rasteira predomina, dispondo de todo conforto e espaço sem perder o contato direto com a natureza ou melhor com a vida selvagem, já que os habitantes do local incluem antílopes e outros animais.

As tendas Africamps têm capacidade para até 5 pessoas
Crédito: André AraújoAs tendas Africamps têm capacidade para até 5 pessoas

A tenda possui dois quartos com ar condicionado/aquecedor, banheiro com chuveiro quente, sala e cozinha (completa com fogão e geladeira) compartilham uma lareira a lenha. No deque, uma mesa e cadeiras de frente para um calmo lago convidam para ver o pôr do sol com as montanhas ao fundo.

temperatura é instável em Outdshoorn, sendo quente durante o dia (mesmo não sendo verão) e frio a noite, entretanto todas as camas da tenda possuem manta elétrica aquecida. Além disso, para quem aprecia churrasco, a uma churrasqueira de pedra em frente a tenda, que pode servir também como lareira.

O café da manhã cobrado a parte, é trazido para a tenda em um caixote rústico com uma grande variedade de 12 itens desde: pães, muffins, manteiga, geleias, suco, leite, frutas, ovos, iogurte, cereal etc etc.

Pizza de carne de avestruz, uma das iguarias que você precisa provar
Crédito: André AraújoPizza de carne de avestruz, uma das iguarias que você precisa provar nesta região da África do Sul

Engana-se quem pensa que por ser uma região quente e seca, exista a presença de indesejáveis insetos como mosquitos, na verdade não notei nenhum deles.

As tendas estão localizadas com uma certa distância uma das outras, sendo 12 no total para garantir assim a privacidade dos hóspedes, além disso no local ainda possui uma piscina de uso comum e um parquinho para as crianças.

As tendas ficam longe uma da outra e dispõem de maior espaço
Crédito: André AraújoAs tendas ficam longe uma da outra e dispõem de maior espaço

Ao contrário de algumas tendas semelhantes existentes nas savanas do Quênia que são removíveis, as Tendas Africamps são fixas e dispõem de maior espaço.

E se você achar que se hospedar em uma tenda como esta, com todo conforto e uma paisagem estonteante terá que pagar uma alta quantia, engana-se, pois, a diária da Africamps custa praticamente o mesmo valor de uma diária para casal em uma pousada mediana no Brasil, detalhe que na tenda cabem muito mais pessoas e uma paisagem que não tem preço.

Onde: Outdshoorn (aproximadamente 440 km da Cidade do Cabo, na África do Sul)

Quanto: Tenda Africamps, 1.090 rand (de acordo com a temporada)

O que levar: Agasalho e protetor solar

O que comer: Pizza de carne de avestruz ou o famoso Bobotie, típico prato sul africano.

O que fazer em Outdhoorn: Safári para  ver os suricatos em seu habitat natural, o passeio ocorre pela manhã em jeep 4×4, sendo o café da manhã servido (incluído no tour) em plena savana. Além dos suricatos, é possível ver girafas, avestruz, javalis, zebras e outros animais.

Por que ir?

 Os safáris são uma das formas de conhecer melhor com a vida selvagem
Crédito: André AraújoOs safáris são uma das formas de conhecer melhor com a vida selvagem

Outdshoorn é uma das regiões mais exóticas da África do Sul, a começar pela sua paisagem seca e semidesértica, algo não muito comum no país, além disso é uma das cidades mais baratas também, não somente em termos de gastronomia como também de hospedagem e passeios.

Relato por André Araújo, do blog África Eterna

Compartilhe:

Tags: #Mundo
?>