Como visitar cervejarias nas Dinamarca, Irlanda e Holanda

Por: Redação

Uma visita ao quartel-general das maiores marcas de cerveja é item obrigatório no roteiro de quem gosta da bebida e está planejando uma viagem à Europa.

Carlsberg, Guinness e Heineken estão entre as mais visitadas porque ficam em três destinos turísticos populares: Dinamarca, Irlanda e Holanda, respectivamente. Mas se você só puder visitar uma delas, qual escolher?

Fábrica da Carlsberg, em Copenhague, na Dinamarca; veja como vistar as principais cervejarias da Europa

O pessoal da revista do Trivago visitou as três cervejarias recentemente para conferir as novidades de cada uma delas para ajudar você a escolher qual vale mais a pena, levando em conta diferentes aspectos como: história, entretenimento e degustação.

Guinnes Storehouse (Dublin, Irlanda)

O “depósito” dá clássica cerveja dry stout irlandesa fica no subúrbio de Dublin, na área conhecida como “St. James’s Gate”, nome da fábrica fundada por Arthur Guinness em 1759.

A antiga fábrica da Guiness é uma verdadeira ‘Disneylândia’ para os fãs de cerveja

O antigo prédio se tornou uma verdadeira ‘Disneylândia’ para quem gosta dessa cerveja que tem um gosto único. A explicação para o gosto diferente da Guinness, com o detalhamento dos ingredientes, é o tema da primeira parte do passeio, que percorre sete andares transitando entre história e o processo de fabricação.

A beleza arquitetônica do edifício, que passou por uma enorme modernização e agora mistura elementos contemporâneos com os tijolos tradicionais, é o que provoca encantamento em cada esquina dobrada por dentro da fábrica.

Quanto: €17.50

Degustação incluída no ingresso – 1 pinte (cerca de 500ml).

Diferencial – A Guinnes Storehouse oferece pelo menos duas coisas que não se encontra nas outras duas: diferentes opções gastronômicas, com mais de um restaurante dentro da fábrica, e o “curso de como tirar um pint”. A aulinha, que dura uma meia hora, ensina os visitantes a técnica exata para tirar da torneira um chope de Guinness –um processo diferente das outras cervejas. Você aprende com o bartender, tira seu seu próprio pint e, claro, degusta.

Ao final do passeio é possível degustar a cerveja

Dica prática – A fábrica fica a cerca de 20 minutos de caminhada do centro de Dublin, mas pode não valer a pena ir a pé até lá, como nós fizemos, já que o passeio pela fábrica por si só pode ser bastante cansativo.

Quem deve visitar – Qualquer um que for a Dublin. A St. Jame’as Gate é a atração turística mais popular da cidade e é interessante até mesmo para quem não bebe cerveja, porque o prédio é bonito, há diferentes opções gastronômicas e a vista do bar, que fica no último andar, oferece um cartão postal único da capital irlandesa.

Heineken Experience (Amsterdã, Holanda)

Entrada da fábrica da cervejaria Heineken, na região central de Amsterdã

Esta embaixada da marca holandesa fica em pleno centro de Amsterdã, totalmente integrada com as outras atrações turísticas, e passou por uma atualização nos últimos anos.

O passeio, que antes terminava em um bar estilo balada, meio desanimado, agora desemboca no último andar do edifício, no “Heineken Rooftop”, um enorme terraço com vista para os canais de Amsterdã –uma cópia do passeio oferecido pela Guinness. A vista do pôr do sol no terraço da Heineken é inesquecível.

O passeio em si é o mais divertido entre todos oferecidos por cervejas na Europa. A parte histórica e de fabricação é tratada rapidamente, logo no início do passeio.

Do alto do Heineken Rooftop é possível ter uma vista para os canais de Amsterdã

Depois, é só diversão, com jogos de interação com telas, lounges para ouvir música e funcionários tirando fotos Polaroid dos visitantes.  Não é à toa que se vê muitas crianças no passeio, já que as atrações são bastante lúdicas e não necessariamente ligadas a cerveja.

Quanto: €18

Degustação incluída no ingresso – 3 chopes tulipa.

Diferencial – Para honrar o nome de “Experiência Heineken”, o museu oferece uma atração inusitada: um simulador de fabricação de cerveja onde o visitante é a própria cerveja. Você entra em uma espécie de sala de cinema com um piso que se move e passa por todo o processo de fabricação, da fermentação à embalagem. A atração pode parecer meio boba para adultos, mas todo mundo acaba dando risada. Outra exclusividade é o passeio de barco pelos canais de Amsterdã depois de terminar o passeio pelo edifício.

Dica prática – Mais do que nos outros museus de cerveja, aqui é recomendável comprar ingressos antecipados pela internet. Não só porque a fila para comprar na hora pode durar mais de uma hora, mas porque os ingressos que incluem o passeio de barco, por exemplo, quase sempre se esgotam pela internet mesmo, não deixando a opção para quem quer na hora.

Quem deve visitar – Quem está mais em busca de entretenimento do que de informação sobre cerveja – o lugar recebe inclusive muitas crianças. O Heineken Experience é pura diversão, ideal para encerrar sua viagem a Amsterdã brindando no bar do terraço.

Visit Carlsberg (Copenhague, Dinamarca)

A Carlsberg oferece cinco passeios pela fábrica todos eles separados, com horários e preços específicos

Provavelmente o mais simples (e mais tradicional) entre os três passeios, a visita à antiga fábrica da Carlsberg na capital dinamarquesa vale pelo conteúdo histórico. A construção remete a 1847, quando a cervejaria foi fundada por J.C. Jacobsen. O passeio oferece basicamente cinco atrações, todas elas separadas, com horários e preços específicos.

A Exbeerience Route é o ingresso básico: você passeia por conta própria por dentro da fábrica, onde poderá ler sobre a história da marca e ainda visitar o seu museu de rótulos, que é possivelmente o maior do mundo. Trata-se de uma coleção com mais de 20.000 garrafas, de cervejas do mundo todo.

O Beer Taste é a degustação de cerveja, que dura 40 minutos e é acompanhada por um especialista, que descreve cada um dos aromas e gostos que os visitantes vão experimentar.

O museu tem uma coleção com mais de 20.000 garrafas

O Horse Ride é o passeio de charrete pela fábrica, que acontece todos os dias, das 12h às 14h. Os cavalos são uma atração à parte na fábrica da Carlsberg, já que fazem parte da tradição da marca. Os cavalos foram o primeiro motor de tração para a distribuição da cerveja. As outras duas atrações são a visita guiada e o restaurante, com alguns destaques da comida tradicional dinamarquesa.

Quanto: de €6,71 a €24,03

Degustação incluída no ingresso – 2 pints (cerca de 1 litro).

Dica prática – Programe sua visita. Ao contrário das duas outras fábricas, onde basta chegar e visitar, a da Carlsberg têm atrações em horários específicos.

Quem deve visitar – Quem é muito louco por cerveja. O passeio não vale uma ida a Copenhague só para isso, mas é algo bem legal de se fazer caso você esteja planejando uma viagem à capital dinamarquesa.