Passagens aéreas para viajar com economia pelo Brasil

Informar

Conheça Coimbra e sua incrível tradição universitária

A Universidade de Coimbra mantém vivas tradições e práticas simbólicas de sete séculos de história

Por: Redação | Comunicar erro

Uma viagem à região do Centro de Portugal permite explorar lugares diferentes em seus mínimos detalhes, mergulhar na rica história de monumentos e personagens e apreciar manifestações culturais peculiares. Dentre lugares com histórias incríveis para serem apreciadas, Coimbra se destaca por sua tradição universitária.

Como uma boa cidade portuguesa, Coimbra foi construída às margens de um rio e em cima de uma montanha que separa a cidade alta da cidade baixa.

Crédito: Getty ImagesO uniforme peculiar dos alunos da Universidade de Coimbra inspirou a escritora J. K. Rowling

A parte baixa de Coimbra guarda preciosas construções medievais e ruelas onde se concentra o comércio. A alta, coroada pela universidade no seu ponto mais elevado, é território de grande parte das repúblicas de estudantes, pontos turísticos como a Sé Velha e a Biblioteca Joanina e, também, palco dos principais acontecimentos da vida acadêmica da cidade.

Para quem deseja conhecer de perto os encantos universitários da cidade, o Sapientia Books & Wine Hotel é o único hotel localizado no Centro Histórico.

Crédito: Getty ImagesTuristas caminham por rua no centro de Coimbra

A propriedade está situada no coração da Alta de Coimbra, considerada Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco. O rooftop é uma das grandes atrações do hotel, pois oferece uma vista de 360 graus para toda a cidade, incluindo a tradicional e secular Universidade de Coimbra.

Com a missão de ajudar os viajantes nessa divertida missão de explorar a Coimbra universitária, listamos quatro tradições imperdíveis deste destino fascinante:

1- Tunas acadêmicas

A Tuna é um grupo musical formado por estudantes universitários. Acredita-se que a palavra “tuna” tenha vindo do nome da cidade de Túnis, onde vivia um trovador conhecido. Aliás, a arte de trovar é comum aos membros das tunas acadêmicas: suas apresentações são recheadas de canções que exaltam a cultura acadêmica e, em especial, a herança histórica portuguesa.

Crédito: Getty ImagesVista da Igreja de São Salvador (à dir.) e do Museu Nacional Machado de Castro

2- Trajes universitários 

Os universitários portugueses vestem um uniforme peculiar, um dos maiores símbolos da tradição universitária em Coimbra: uma longa capa preta, gravata, camisa social, calças para os homens e saias para as mulheres.

Crédito: Emanuele SiracusaEstudantes da Universidade de Coimbra

Esse visual pitoresco para a atualidade fez com que J. K. Rowling, autora da saga “Harry Potter”, incorporasse diversos desses elementos nas roupas dos alunos da escola de bruxaria de Hogwarts, tanto nos livros quanto nos filmes. Já em Portugal, é possível vê-los no campus da Universidade de Coimbra, onde são usados até os dias de hoje. Vestir a capa e a batina de uma das universidades mais antigas do mundo é sinônimo de prestígio.

3 – Queima das Fitas

Conhecida como a “festa dos estudantes”, é a ocasião em que cada um veste as cores da faculdade e celebra o fim do ano letivo com muita euforia, e marca uma etapa gloriosa da vida estudantil.

A Queima das Fitas é uma das festas estudantis mais tradicionais de Portugal

Os turistas também podem desfrutar do clima de alegria, das divertidas tradições e das atividades especiais, que incluem shows, festas e sarau. A comemoração começa quando toda a Academia veste os trajes e se mantém em silêncio para ouvir o show das guitarras e do fado em frente à escadaria da Sé Velha.

4 – Biblioteca Joanina e seus guardiões inusitados

Interior da Biblioteca Joanina, na Universidade de Coimbra

Localizada dentro da Universidade de Coimbra, essa biblioteca possui um acervo com cerca de 200 mil livros, com coleções raríssimas dos séculos 16, 17 e 18.

Proteger esse patrimônio é um verdadeiro desafio, que vai desde o cuidado rigoroso com a temperatura e umidade até o controle de pragas como as traças. Para combater esse inseto inconveniente, a biblioteca possui curiosos aliados: morcegos. À noite, eles se alimentam dos diversos bichinhos que corroem os papéis, mantendo todos os exemplares a salvo.

Descubra Marvão, um vilarejo incrível em Portugal

Compartilhe: