Últimas notícias:

Loading...

WOW, o megacomplexo dedicado ao vinho em Portugal

O quarteirão cultural e gastronômico fica na zona histórica de Vila Nova de Gaia, às margens do Douro

É entusiasta de vinhos? Então você precisa incluir o WOW (World of Wine) em sua “wish list”. O quarteirão cultural e gastronômico, encravado no coração da zona histórica de Vila Nova de Gaia, oferece uma verdadeira imersão no mundo do vinho –em especial, o do Porto.

Inaugurado em julho de 2020, em plena pandemia, o megacomplexo às margens do Douro, do outro lado da cidade do Porto, só agora começa a atrair viajantes internacionais com as flexibilizações das regras sanitárias para entrada em Portugal.

Crédito: Divulgação/WOWA praça central do WOW, em Gaia, com o centro histórico do Porto e a ponte Dom Luís I ao fundo

Tudo é superlativo no WOW. O projeto, que custou mais de € 100 milhões  (R$ 580 milhões), abriga sete museus, 12 bares, restaurantes e cafés, além de lojas, escola do vinho e espaço para exposições e degustações.

Prepara-se para vivenciar uma experiência única e multissensorial no WOW. Parte dos museus são interativos e acessíveis a todas as idades.

 WOW ocupa antigas caves de vinho do Porto em Vila Nova de Gaia
Crédito: Márcio Diniz | Catraca LivreWOW ocupa antigas caves de vinho do Porto em Vila Nova de Gaia

Instalado em uma área de 55 mil m², o WOW ocupa os antigos armazéns de vinho do Porto que pertencem ao grupo inglês Fladgate Partnership, que é dono de hotéis de luxo, como o Yeatman, e marcas icônicas de vinhos portugueses, como Taylor’s e Fonseca.

WOW Porto
Um dos espaços do megacomplexo WOW, em Vila Nova de Gaia

A revitalização trouxe vida ao espaço, transformando a degrada região em um novo “point” emoldurado pelo belíssimo centro histórico do Porto, que é Património Mundial da Unesco, e pela emblemática ponte metálica Dom Luís I, que cruza o Douro.

Mesmo sem ter completado um ano ininterrupto de funcionamento, o WOW já ganhou um dos mais prestigiados prêmios dedicados a inovação no setor do enoturismo, o “Special Achievement Award“, na edição 2022 do concurso Best of Wine Tourism.

Porto
Crédito: Márcio Diniz | Catraca LivreVista do rio Douro com a Ponte D. Luis 1 ao fundo; à esquerda, o centro histórico do Porto

A distinção rara é atribuída apenas em ocasiões muito especiais, quando a “Great Wine Capitals” –instituição que concede o prêmio– encontra projetos excepcionais e que não têm enquadramento nas categorias do concurso. Antes, apenas a Cité du Vin (“Cidade do Vinho”), em Bordeaux, na França, havia recebido tal honraria.

Os museus do WOW

É praticamente impossível conhecer todas as atrações culturais do WOW em um único dia. O ideal é reservar dois dias no roteiro para visitar, senão todos, parte dos sete museus do complexo sem se preocupar com o relógio.

Parte dos museus é interativo e didático. Eles vão muito além da temática do vinho, o que torna a visitação aos espaços mais descontraída e menos monótona como nos tradicionais museus.

O Porto Region Across The Ages é dedicado à história do Porto, ajudando a contextualizar a cidade, sua gente e sua cultura. O Wine Experience “desmistifica” o vinho levando os visitantes à uma viagem sensorial, explorando as regiões, climas, castas e métodos de produção que tornam o vinho tão diversificado.

Planet Cork é inteirinho dedicado à cortiça, mostrando como o material está presente em diversos artigos do nosso dia a dia, ido muito além das rolhas. Para se ter uma ideia, Portugal é o maior produtor de cortiça do planeta, sendo responsável por mais de 50% da produção global.

Outro museu bem interessante é o Bridge Collection, que conta a história da humanidade através da evolução dos copos e recipientes para servir o vinho. No total, são mais de 1800 peças –a mais antiga data do ano de 7000 a.C.. Todo o acervo é da coleção pessoal de Adrian Bridge, presidente do grupo Fladgate Partnership.

Já o Chocolate Story leva o visitante a uma viagem pelo mundo do cacau e do chocolate, traçando paralelos entre a colheita e o processamento das uvas e do cacau. O espaço conta ainda com uma fábrica de chocolates (Vinte Vinte) onde é possível acompanhar a produção da iguaria e oferece degustação harmonizada com vinhos (experiência paga à parte).

Por fim, o Porto Fashion & Fabric Museum, que mostra a evolução da indústria da moda portuguesa, e o Pink Palace, dedicado ao vinho Rosé e o mais instagramável do complexo. Garantia de muitos likes no feed.

Todos os museus e restaurantes do complexo são interligados por escadarias e vielas a partir de uma grande praça central –o acesso é gratuito. É neste espaço que acontece todas as noites, às 20h, uma vídeo projeção nas fachadas das antigas caves.

É possível comprar entrada para apenas um dos museus (€ 17) ou combos que contemplam de duas a cinco atrações –estes são os mais recomendados e baratos.

A gastronomia do WOW

A gastronomia é outro ponto forte do World of Wine. Pode se dizer que é a “cereja do bolo” do megacomplexo português. As opções são variadas e contemplam todos os tipos de paladares e bolsos. De pizzas, hambúrgueres e “Francesinha” (prato típico do Porto) à carnes nobres, peixes e frutos do mar.

WOW restaurantes
Crédito: Divulgação/WOWO WOW tem 12 bares, restaurantes e cafés, com menu para todos os gostos e bolsos

Dos 12 restaurantes e bares, quatro oferecem uma vista incrível da cidade do Porto –-o bar de vinhos Angel’s Share, o 1828 de gastronomia mais requintado, o Root & Vine, vegetariano, e Golden Catch, dedicado a peixes e frutos do mar.

Outras opções de pratos casuais incluem o Suspiro, café e doces, o Lemon Plaza, com pratos para viagem, e os T&C e Barão de Fladgate, especializados na cozinha tradicional portuguesa e na autoral contemporâneas, respectivamente.

Seguro viagem

Antes de viajar para qualquer destino internacional, não esqueça de contratar um seguro viagem. Ele é obrigatório para entrar em Portugal ou nos demais países que compõem o território Schengen, como França, Alemanha, Espanha, Holanda.

wow bares e restaurantes
Crédito: Divulgação/WOWPara entrar em Portugal, é preciso contratar um seguro viagem com cobertura para covid-19

A cobertura mínima de € 30 mil. Por conta da pandemia, é exigido ainda uma cobertura extra para covid-19, que cobre custos médicos e despesas com hospedagem e remarcação de passagens aéreas em caso de teste positivo para retornar ao Brasil.

A nossa dica é o plano AC 150, da AssistCard, que oferece cobertura de € 150 mil de despesas médicas totais, incluindo covid-19 e quarentena. Saiba mais aqui sobre a importância do seguro viagem.

*O jornalista viajou a convite do WOW

?>