Ferrari vai celebrar milésima corrida na F-1 em Mugello, na Toscana

Pela primeira vez, o autódromo da equipe italiana receberá um GP

Por: Eduardo Andreassi
Ouça este conteúdo

A Ferrari vai comemorar sua milésima corrida na F-1 em casa. Pela primeira vez na história, o autódromo de Mugello –-que pertence a equipe italiana—, na Toscana, vai abrigar uma prova da principal categoria do automobilismo mundial.

O GP da Toscana será realizado no dia 13 de setembro e sem público por conta da pandemia do novo coronavírus.

Crédito: Divulgação/FerrariO autódromo de Mugello, de propriedade da Ferrari, na Itália vai receber uma etapa da F-1

O circuito de Mugello, a 35 km de Florença, foi inaugurado em 1974 como uma evolução natural do Circuito Rodoviário nascido em 1914, e fica nas colinas entre Scarperia e San Piero a Sieve. A pista é uma das poucas que a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) certificou com a qualificação 3-Star Level.

A fábrica italiana passou no teste ambiental definido pela FIA, obtendo assim o reconhecimento pela excelência das políticas de sustentabilidade adaptadas.

Crédito: Eduardo AndreassiMugello é a pista de teste da Scuderia Ferrari

Com a inclusão da corrida em Mugello, a 9ª da temporada de 2020, a Itália volta a receber dois GPs de F-1 pela primeira vez desde 2006.

Mattia Binotto, chefe da equipe Ferrari comentou sobre esta missão histórica. “Poder comemorar um aniversário extraordinário como o dos 1000 GPs da Ferrari em nossa casa em Mugello é uma oportunidade incrível. Não é apenas uma das pistas mais fascinantes e desafiadoras, mas também uma instalação que atingiu níveis de excelência na Itália e no mundo”, disse.

Mugello Ferrari
Vista do vilarejo de Mugello, na região da Toscana

Orgulho e felicidade

Orgulho também para Enrico Rossi, governador da Toscana. “A região da Toscana está muito feliz em apoiar o milésimo GP da Ferrari, uma data histórica. Temos certeza que contribuindo para esta etapa esportiva tão importante daremos brilho em Mugello e na Toscana “.