Últimas notícias:

Loading...

Israel vai reabrir as fronteiras em maio para turistas vacinados

Visitantes deverão apresentar um teste PCR antes do embarque

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Na contramão da maioria dos países, Israel anunciou nesta terça-feira, 13, que irá reabrir as fronteiras ao turismo a partir de 23 de maio. Numa primeira etapa será permitida apenas a entrada de visitantes que já tenham sido vacinados contra à covid-19.

Para entrar no país –fechado ao turismo há mais de um ano– todos os visitantes deverão apresentar um teste PCR antes do embarque. No desembarque no aeroporto Ben Gurion, os visitantes serão submetidos e um teste sorológico para comprovar a vacinação.

Israel
Crédito: Stellalevi/iStockVista do Muro das Lamentações com a cúpula do Domo da Rocha ao alto, em Jerusalém; Israel vai reabrir as fronteiras

Na primeira etapa, a entrada em Israel será restrita a apenas a um número limitado de grupos de turistas. Os viajantes individuais terão permissão no segundo estágio, com considerações de saúde determinando o cronograma de reabertura do país.

Nos próximos dias os mistérios do Turismo e da Saúde devem divulgar as diretrizes.
“Israel é o primeiro país vacinado, e os cidadãos de Israel são os primeiros a desfrutar deste resultado. Depois de abrir a economia, é hora de permitir o turismo de forma cuidadosa e calculada”, disse o ministro da Saúde, Yuli Edelstein.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


A ministra do Turismo, Orit Farkash-Hacohen, também destacou a importância do turismo ao país. “Abrir para o turismo internacional irá realmente reviver a indústria do turismo, incluindo restaurantes, hotéis, locais, guias turísticos, ônibus e outros que procuram trabalhar e sustentar suas famílias”.

Vacinação em Israel

Israel já vacinou mais de 54% da população com a primeira e segunda dose. Com isto, segundo especialistas, o país pode se tornar o primeiro do mundo a ter alcançado a chamada “imunidade de rebanho” –quando uma parcela significativa dos moradores já foi vacinada contra uma doença

Compartilhe: