Últimas notícias:

Loading...

Os 10 melhores passeios para fazer em Foz do Iguaçu e região

Por: oviajante

Que a cidade de Foz do Iguaçu é encantadora, vocês já sabem, né?! Super adequada a todos os visitantes, com atrações para públicos de diversas idades e uma enorme diversidade de atrativos naturais, religiosos, de compras, culturais e históricos!

No post anterior, dei dicas de como chegar à Foz, de como se ambientar na cidade e de onde comer, comprar e sair à noite. Agora, separei os melhores passeios de Foz e Região, para que, em sua visita, você não deixe o melhor de fora!

Crédito: Arquivo pessoalMirante no lado brasileiro das cataratas

1 – Cataratas do Iguaçu (lado brasileiro) 

Não é à toa que as Cataratas do Iguaçu estão entre as Sete Maravilhas Naturais do Mundo! E, óbvio, não teria como esse lugar não ser o primeiro desta lista. O Parque Nacional do Iguaçu foi criado em 1939, possui 185 mil hectares de Mata Atlântica, abriga o maior remanescente da dessa floresta e protege uma rica biodiversidade, com espécies nativas da fauna e flora.

Esse mega conjunto de belezas naturais fez  do parque a primeira unidade de conservação do Brasil a ser chamada de Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela Unesco, em 1986.

Mirante no lado brasileiro das cataratas | Foto: Juliana Santos

Há diversas opções de passeios que você pode fazer por lá, mas o mais visitado é, sem dúvidas, o circuito básico de “trilhas e pontes”, para chegar bem em frente as quedas!

O legal desse trecho é que, enquanto você está indo pelo caminho, você pode parar nos mirantes disponíveis, observar toda a natureza e tirar belas fotos do Lado Argentino das Cataratas e, no final, você estará bem em frente às quedas, com uma visão ampla, e pode aproveitar para tomar aquele banho de chuviscos e lavar a alma!

SE EU FOSSE VOCÊ: Deixaria para ir, de preferência, em um lindo dia de sol, para garantir fotos com céu azul e arco-íris de fundo! DICA: Não se esqueça de levar um lanche. O parque tem toda a estrutura, com lojas e o Restaurante Porto Canoas (com buffet livre por R$ 80,00), mas tudo muito caro!

2 – Cataratas do Iguazu (lado argentino)

As Cataratas do Iguazu, em Puerto Iguazu, são incrivelmente belas

As Cataratas do Iguazu, em Puerto Iguazu, são incrivelmente belas, assim como o lado brasileiro! Normalmente muitas pessoas dizem preferir um lado do parque, mas vai muito do gosto de cada um, porque cada lado é bem diferente do outro e tem a sua beleza própria!

Ir andando em meio a pontes por cima do rio e, de repente, ver a Garganta do Diabo ali, na sua frente, é indescritível! Sentir a força e energia da água tão próximo é impactante!

No lado argentino, o transporte funciona com trens que vão parando em todos os pontos disponíveis dentro do parque, e aí você pode descer, conhecer outras atrações e fazer trilhas para chegar em outros locais de quedas do parque.

DICA: Não se esqueça de trocar pelo menos, o valor da entrada nas Cataratas Argentinas para pesos (algo equivalente a 50 reais por pessoa), pois eles só aceitam pesos argentinos.

3 – Porto Kattamaram, no Lago de Itaipu

Pôr do sol no Lago de Itaipu

Uma das novas atrações de Itaipu, e que eu simplesmente amei, é o passeio de barco pelo Lago de Itaipu. O passeio começa com o ônibus que vai até o Porto Kattamaram, e, de lá, todos entram no barco, com capacidade para até 200 pessoas, para o passeio de mais ou menos uma hora pelo lago.

A embarcação possui um convés aberto, com bar, mesas e músicas, ideal para relaxar, curtir as belezas naturais do local com muito conforto e requinte no reservatório da maior hidrelétrica do mundo em geração de energia.

Sim, o passeio é só isso! No entanto, reserva muitas surpresas se você escolher bem o dia e horário para fazê-lo, se não será tempo e dinheiro perdido.

DICA: Vá em um dia de muito sol, daqueles que você já prevê um lindo pôr do sol, e compre seu ingresso para o último horário do dia (que muda se estiver em horário de verão).

4 – Itaipu Circuito Especial

Sala de Controle da Usina de Itaipu

“Itaipu, significa: a pedra que canta” – explica o guia durante o passeio do Circuito Especial, na Usina. O passeio é incrível e, mesmo para quem não é da área de engenharia e afins, é muito interessante ver todo o funcionamento, as salas de comando, os vertedouros e até como funciona uma enorme empresa binacional e suas politicas de trabalho.

O tour é feito em ônibus com algumas paradas do lado de fora, e o que diferencia esse passeio da Visita Panorâmica é conhecer o interior da usina. É possível sentir a pressão e a vibração da água passando pelo rotor e se transformando!

taipu é o resultado de muitas negociações entre Brasil e Paraguai no intuito de estabelecer as bases diplomáticas, jurídicas e econômicas para a construção da maior usina hidrelétrica do mundo até então. Marco fundamental da história de amizade de dois povos, que se uniram por um grandioso projeto de concreto que envolvia muito sonhos.

DICA: Para fazer esse passeio é necessário usar roupas com comprimento abaixo do joelho e calçar sapatos fechados e sem salto.

Confira a íntegra do texto e mais fotos em O Viajante.

Por Juliana Santos

Compartilhe: