Últimas notícias:

Loading...

Os 10 museus mais instagramados do Brasil

Saudade de ir a um museu né, minha filha ?

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Visitar um museu é uma experiência única! Você pode voltar ao passado, ir para o futuro e até para outro planeta, as opções são infinitas. Atualmente existem museus especializados em diversos assuntos.

A Musement, plataforma digital de descobertas de experiências pelo mundo, criou uma lista para descobrir quais são os museus brasileiros mais famosos no Instagram. Abaixo confira os top 10!

1° Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand – MASP, São Paulo – 671 000 publicações

Um dos principais cartões postais de São Paulo, o MASP é o museu Brasileiro mais famoso no Instagram.  Fundado em 1947, atualmente ele possui a mais importante coleção de arte ocidental da América Latina. Como parte do clube 19, um grupo formado por 19 museus localizados em diversas partes do mundo que possuem os acervos mais representativos da arte europeia do século XIX, ele possui fama internacional. Entre os museus que fazem parte do grupo estão o MOMA em Nova York, o Instituto de Arte de Chicago, e o Museu de Orsay em Paris.

masp dia internacional da mulher
Crédito: Eduardo OrtegaSímbolo cultural da capital paulista, Museu de Arte de São Paulo atrai milhares de visitas anualmente

2° Museu do Amanhã, Rio de Janeiro – 312 000 publicações

Inaugurado em 2015 na cidade do Rio de Janeiro, o Museu do Amanhã é um museu de ciências interativo, com exposições em 3D. A exposição fixa é dividida em 5 etapas e cada etapa aborda uma questão: De onde viemos? Quem somos? Onde estamos? Para onde vamos? Como queremos ir? Projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava a estrutura do monumento é sustentável, a água do mar é tratada e utilizada no ar-condicionado e no espelho d’água que circula a estrutura e também são utilizados painéis fotovoltaicos na cobertura do museu.

Museu do Amanhã
Crédito: @museudoamanha/FacebookMuseu do Amanhã – Facebook/Divulgação

3° Museu Nacional do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro – 78 100 publicações

Criado em 1818 por Dom João VI o Museu Nacional do Rio de Janeiro inicialmente tinha como sede o Campo de Santana, porém em 1892 o museu foi transferido para o Palácio de São Cristóvão. O museu abrigava um acervo com mais de 20 milhões de itens catalogados, originários de diversas partes do mundo. Em 2018 um incêndio atingiu a sede do Museu Nacional destruindo quase todo o acervo e uma parte da estrutura do edifício. Atualmente o museu se encontra em reforma.

Quinta da Boa Vista – Divulgação 

4° Museu Oscar Niemayer, Paraná – 47 500 publicações

Localizado na cidade de Curitiba, o Museu Oscar Niemayer também é conhecido como Museu do Olho ou Mon. Com uma área de 35 mil metros o museu contém a coleção asiática mais importante da América Latina. O complexo é formado por dois prédios que foram construídos pelo brilhante arquiteto Oscar Niemayer em épocas diferentes, o último foi finalizado em 2002 e o museu foi inaugurado.  Com foco em design, artes visuais e arquitetura o museu possui reconhecimento mundial e realiza mais de 20 exposições por ano.

Crédito: Claiton Biaggi – Museu Oscar Niemeyer (MON) 

5° Museu de Arte do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro – 37 600 publicações

Inaugurado em 2013, o Museu de Arte do Rio de Janeiro está localizado na praça Mauá em dois prédios que estão interligados, o Palacete Dom João VI construído em 1916 e o edifício vizinho que antigamente era um terminal rodoviário da década de 40. O museu já nasceu com uma escola, a Escola olhar, que possuí uma proposta museológica inovadora juntando arte e educação em um só lugar. Com oito salas de exposições e 2.400 metros quadrados, todas as exposições por aqui são temporárias e a maioria são uma leitura da cidade.

Crédito: DivulgaçãoDivulgação

6° Museu da Casa Brasileira, São Paulo – 18 100 publicações

Criado em 1970 na cidade de São Paulo, o Museu da Casa Brasileira é o único museu do país dedicado ao design e a arquitetura das casas brasileiras. O acervo é composto por mais de 28 mil itens de móveis e utensílios dos séculos XVII ao XXI, muitos dos objetos fazem parte do nosso dia a dia, como mesas, camas, cadeiras, pratos, talheres e muito mais. Em 1972 o museu ganhou uma sede definitiva, o Solar Fábio Prado, uma antiga casa construída originalmente para ser o lar do ex-prefeito de São Paulo, Fábio Prado. Desde 1986 o museu promove o concurso Prêmio Design MCB, projeto criado para estimular e valorizar os trabalhos realizados nesta área no Brasil.

Divulgação

7° Museu Afro Brasil, São Pulo – 17 300 publicações

Localizado no Pavilhão Padre Manoel da Nóbrega dentro no Parque Ibirapuera, em São Paulo, o Museu Afro Brasil foi inaugurado em 2004. Com um acervo composto por mais de 6 mil obras criadas entre o século XV e os dias atuais, entre os itens estão pinturas, esculturas, gravuras, documentos e peças etnológicas. Com o objetivo de criar um centro de reflexões sobre a cultura afro-brasileira o acervo é focado em memória, história e arte. O museu possuí exposições fixas e temporárias, uma biblioteca e um auditório.

Crédito: Nelson KonDivulgação

8° Museu da República, Rio de Janeiro – 16 500 publicações

O Museu da República tem como sede o Palácio do Catete, construído em 1867 pelo barão de Nova Friburgo, que viveu aqui com a sua família. Anos depois o Palácio foi sede da Presidência da República, 18 presidentes chamaram o Palácio do Catete de lar. Quando a capital do país foi transferida para Brasília, em 1960 o Palácio do Catete se transformou no Museu da República com o objetivo de preservar a história republicana. Mobiliário, obras, fotos e documentos dos séculos XIX e XX fazem parte do acervo, o edifício possui três andares e um maravilhoso jardim.

Museu da República
Crédito: Site oficial/Museu da RepúblicaDivulgação

9° Museu da Língua Portuguesa, São Pulo – 12 800 publicações

Inaugurado em 2006 o Museu da Língua Portuguesa fica localizado no prédio da Estação da Luz de São Paulo, um importante monumento, situado no coração da cidade. Com o objetivo de dar uma experiência sensorial para os seus visitantes, o museu usou a tecnologia para construir o seu acervo, apresentando o nosso idioma como uma manifestação cultural, rica e em constante construção. Exposições temporárias, cursos, palestras, debates e apresentações faziam parte do dia a dia do museu que desde 2015 se encontra em reforma.

Museu da Língua Portuguesa
Crédito: @MuseuDaLinguaPortuguesa/Facebook Divulgação

10° Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro – 12 300 publicações

Criado em 1922, pelo presidente Epitácio Pessoa, o Museu Histórico Nacional possui um acervo de mais de 300 mil peças, dedicadas a contar a história do Brasil. Entre os itens do acervo estão armarias, manuscritos, mobiliário e esculturas. Atualmente é o museu histórico mais importante do país, um gerador de conhecimento nas áreas de museologia e patrimônio cultural, foi sede do primeiro curso de Museologia do país criado em 1932, se tornando uma referência para a constituição de outros importantes museus do país.

Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro
Divulgação

Compartilhe: