Procura por voos para Fernando de Noronha cresce mais de 100% 

Atualmente, apenas turistas que já tiveram covid-19 podem entrar na ilha

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Considerado um dos destinos mais badalados do país, Fernando de Noronha vai reabrir para o turismo no próximo dia 10. Com isso, o arquipélago voltou a ser um dos lugares mais desejados pelos turistas brasileiros no pós-pandemia.

Nos cinco dias seguintes ao anúncio oficial de reabertura pelas autoridades locais, o volume de buscas de voos para Fernando de Noronha registrou um aumento de 115.45% comparado aos cinco dias anteriores ao anúncio.

Fernando de Noronha
Crédito: Global_Pics/iStockPraia da Conceição, um dos points de Fernando de Noronha

Para chegar neste resultado, o Kayak considerou os dados de busca de voos de ida e volta, com partidas de todos os aeroportos do Brasil. De acordo com Eduardo Fleury, diretor de operações da plataforma no país, o turismo começa a registrar uma retomada gradual e os brasileiros já estão começando a planejar suas próximas viagens.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


“Temos observado que os destinos domésticos estão sendo mais procurados pelos brasileiros. Parte disso deve-se às restrições internacionais por conta da pandemia do coronavírus”, afirma Eduardo.

Fernando de Noronha
Crédito: KamilloK/iStockPraia da Cacimba do Padre, com o Morro Dois Irmãos ao fundo, em Fernando de Noronha (PE)

De acordo com a pesquisa do Kayak, as praias e cidades do Nordeste são os primeiros lugares que voltaram a despertar o interesse do brasileiro em viajar novamente.

Regras para visitar Fernando de Noronha

Atualmente, apenas turistas que já tiveram covid-19 podem entrar na ilha. A partir de 10 de outubro,  todos os turistas precisarão, obrigatoriamente, realizar no dia anterior ao embarque o teste RT-PCR, capaz de detectar o coronavírus.

Ao desembarcarem na ilha, os turistas terão a temperatura medida e não será permitida a entrada de pessoas com sintomas de febre. O uso de máscaras em locais públicos também será obrigatório.

Fernando de Noronha
Crédito: Bruno Lima/MTur Fernando de Noronha vai reabrir ao turismo no dia 10 de outubro

Os turistas também precisarão baixar o aplicativo Dycovid (Dynamic Contact Tracing), lançando pelo governo de Pernambuco, que notifica o usuário da ocorrência de um contato de alto risco, permitindo o controle da doença.

Quando uma pessoa sinaliza que está contaminada, os que estão próximos são alertados. Tudo é feito de forma anônima. De acordo com o governo, as informações coletadas são identificáveis apenas pelo aparelho do usuário.

Compartilhe: