Restaurantes em Tiradentes (MG): melhores ideias de onde comer

Tragaluz, Angatu e Uaithai são algumas das opções de onde comer. Cidade tem ainda cafés, bares e pizzaria

Por: Como Viaja | Comunicar erro

Em Tiradentes (MG), é possível tanto saborear uma comida mineira de qualidade, como a preparada em lugares como o Tragaluz, quanto aguçar o paladar com temperos de lugares bem distantes dali. Um bom exemplo disso é o tailandês Uaithai. Basta uma agradável caminhada pelo centro histórico para esbarrar com alguns dos melhores restaurantes em Tiradentes.

Para planejar sua viagem, veja nossas dicas de Tiradentes, grátis e completas, com sugestões sobre o que fazer, onde ficar e onde comer, além de compras, eventos, transporte e destinos para um roteiro combinado. Nossa lista com pousadas em Tiradentes também está atualizada.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Dicas de viagem e destinos (@comoviaja) em

O Festival de Gastrononomia de Tiradentes, realizado no fim de agosto há 22 anos na cidade histórica em Minas Gerais, deu fama nacional ao destino como lugar de boa mesa. Muitos dos melhores restaurantes de Tiradentes são encontrados ao longo da Rua Direita. São apenas alguns dos deliciosos atrativos que um passeio pelo centro histórico de Tiradentes reserva aos visitantes.

Tragaluz e Angatu: cozinha contemporânea brasileira

As aventuras do chef Fred Trindade, do Tragaluz, tanto no uso quanto na apresentação de ingredientes mineiros (costelinha bovina e galinha d’Angola) e doces típicos (goiabada frita), já são conhecidas além dos limites da cidade. Assim como a inventividade do chef Rodolfo Mayer, do Angatu, participante da Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança — o Copa Lombo 15 horas, com feijão branco e abóboras dá ao visitante o prato de cerâmica pintado para levar para casa. Mineiro de Juiz de Fora, o chef incorpora a regionalidade brasileira à sua cozinha contemporânea.

Nathalia Molina @ComoViaja
No Tragaluz, criatividade no uso e na apresentação de ingredientes mineiros

Pacco & Bacco, Gourmeco: vinho e culinária italiana

Tiradentes é mesmo farta em opções gastronômicas. No Pacco & Bacco, outro expoente local, receitas contemporâneas (cordeiro, massas artesanais e bacalhau, entre outras) podem ser acompanhadas por um dos rótulos da carta que faz enófilos felizes. A iluminação do no restaurante na Rua Direita é assinada pelo renomado Maneco Quinderé. Na início da mesma rua, a culinária italiana é a inspiração da cozinha do Gourmeco.

Raiz Mineira e Estalagem do Sabor: comida mineira saborosa

Para pratos típicos mineiros, com cortes de carne de porco, acompanhados de arroz, feijão e farofa (e, por que não?, torresmo), um das opções locais é o Raiz Mineira. As receitas preparadas pelo chef Ezequiel Souza, que já esteve à frente da cozinha do Tragaluz, podem ser combinadas com um dos 9 estilos da TremBier, marca batizada com o nome do festival de cerveja artesanal de Tiradentes.

Nathalia Molina @ComoViaja
Torresmo com cerveja no restaurante Raiz Mineira

Outra é o Estalagem do Sabor. O restaurante era uma portinha quanto Fernando e eu estivemos lá há 13 anos. Na viagem que fiz agora em junho de 2019, provei o mesmo prato: o Mané sem Jaleco, que reúne lombinho, mexidão de arroz com feijão, farofa e couve rasgada. Posso dizer que manteve o padrão de excelente restaurante mineiro.

Nathalia Molina @ComoViaja
Comida mineira do Estalagem do Sabor

Cultivo: inteiramente vegetariano e gostoso

Surpreendente para mim foi o Cultivo, instalado numa simpática casinha no Largo do Ó. Há opções vegetarianas em outros restaurantes de Tiradentes, mas esse é o lugar totalmente dedicado a esse estilo de vida. O casal de jornalistas Isabella Grossi e Daniel Prado deixou Belo Horizonte há três anos e meio e, em setembro, comemora dois anos do restaurante em Tiradentes.

Nathalia Molina @ComoViaja
Restaurante vegetariano em Tiradentes: Cultivo

Entre livros, máquina de escrever, discos e vitrola, petiscos e pratos vegetarianos saem da cozinha, como feijoada de legumes e cogumelos com farofa de maracujá, hambúrguer de berinjela com chips de batata doce e moqueca de banana. Esta última foi o que escolhi, estava ótima, mas depois fiquei curiosa sobre o escondidinho de jaca (fica para uma próxima viagem a Tiradentes). Para uma carnívora, tenho de dizer que passei muito bem, obrigada.

Nathalia Molina @ComoViaja
Moqueca de banana é um dos pratos vegetarianos]

Uaithai e CasAzul: pratos tailandeses e mexicanos

No Uaithai, a graça não para na sacada do nome. A mistura de cozinha tailandesa com mineira do chef Ricardo Martins é cheia de criatividade e garantiu uma suavizada nos sabores picantes. O cardápio inclui pratos tailandeses tradicionais como o pad thai (talharim de arroz e camarões marinados em cachaça artesanal com pasta de tamarindo, molho de ostras, coentro e rapadura, entre outros ingredientes).

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Dicas de viagem e destinos (@comoviaja) em

O mesmo processo ocorreu no mexicano CasAzul Bistrô. A apimentada culinária do país latino sofreu uma leve adaptação ao paladar brasileiro, nas mãos da chef Rejane Cunha, que deixou o Rio para criar suas versões para a comida típica do México. Tem pratos como a pasta ou o filé Frida — a primeira com tomate em cubos, alho, manjericão e pimenta; e o segundo com molho picante, acompanhado de batata ou penne. Eu recomendo os mexicanos quesadilla (de queijo mesmo) e burrito de carnita (carne de porco desfiada). Acompanhados de frozen margarita, são ótima pedida para fechar um dia de passeios em Tiradentes.

Nathalia Molina @ComoViaja
Pratos mexicanos e margarita no CasAzul, restaurante de Tiradentes

Por Nathalia Molina

Autor: Como Viaja

Nathalia Molina e Fernando Victorino escrevem o Como Viaja, com dicas de viagem e destinos. Jornalistas, os dois adoram conhecer culturas, hotéis e gastronomia. Na montanha, na praia ou na cidade. Sozinhos, a dois ou com o filho, Joaquim. Veja mais em comoviaja.com.br e @ComoViaja nas redes sociais

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Como Viaja da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

1 / 8
1
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
2
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
3
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
4
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …
5
04:12
Netflix: ‘The Family- Democracia Ameaçada’ revela grupo secreto
A minissérie "The Family: Democracia Ameaçada", que pode ser vista na Netflix, mostra questões que te farão pensar em uma …
6
02:29
Operação Lava Jato ignora repasse suspeito de Paulo Guedes
Uma reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que a Operação Lava Jato poupou o ministro da Economia, …
7
02:40
Partículas de queimadas são encontradas em água de chuva em SP
O fenômeno que atingiu São Paulo na última segunda-feira, 19, e transformou o dia em noite em diversas regiões do …
8
03:36
Nem os eleitores de Bolsonaro concordam com a indicação de Eduardo
Em meio às polêmicas que dão o tom nos primeiros oito meses do governo Bolsonaro, uma pesquisa recente mostra que …