Turismo e gastronomia, saboreie essa combinação em Monte Verde

Por: Redação | Comunicar erro

É só chegar o inverno que os turistas se lembram dos românticos chalés do vilarejo mineiro de Monte Verde como opção para se passar, ao menos, um final de semana, com muito fondue, chocolate e vinho.

Distrito de Camanducaia, na Serra da Mantiqueira, Monte Verde atrai turistas por suas paisagens típicas de uma cidade europeia, pelo clima de montanha e por sua gastronomia. O vilarejo fica a 1.600 metros de altitude.

Monte Verde atrai turistas pelo clima de montanha e por sua gastronomia
Crédito: Eduardo AndreassiMonte Verde atrai turistas pelo clima de montanha e por sua gastronomia

Dispondo de uma infra-estrutura que oferece um bom número de hotéis e pousadas confortáveis, Monte Verde também se destaca pela qualidade e diversidade de sua gastronomia. O turista tem à sua disposição uma rede de bons restaurantes, bistrôs aconchegantes e charmosos botecos, cantinas italianas, casas de chá e de chocolate.

A história de Monte Verde

Os letões Ernesto e Verner Grimberg, na década de 50, adquiriram em Minas Gerais a fazenda do Pico Selado situada em uma região conhecida como Campos do Jaguari.

 Rua na região central de Monte Verde
Crédito: Eduardo AndreassiRua na região central de Monte Verde

A beleza do alto da Serra da Mantiqueira havia encantado a família letã, por ser muito parecida com a terra natal. Assim, Verner Grimberg, sua esposa, Emília, o pai e o tio se tornaram os pioneiros do local.

Flora, fauna e hospedagens

Uma rica vegetação, araucárias nativas com centenas de anos de idade, uma grande área de reflorestamento constituída de pinheiros e eucaliptos, muitos pássaros, beija-flores das mais variadas cores e esquilos, fazem de Monte Verde atração única e indiscutível no quesito qualidade de vida.

Turistas apreciam a vista da região de Monte Verde
Crédito: Eduardo AndreassiTuristas no mirante da Pedra Redonda, em Monte Verde

As crianças, acostumadas a agitação da cidade, se encantaram com o clima agradável e vegetação por toda a parte.

Gastronomia

Localizados na avenida principal do vilarejo, e distante 100 metros um do outro, dois restaurantes chamam a atenção dos visitantes: o Armazém Monte Verde e o Trás os Montes.

Truta a La Belle Meunière, um dos pratos do Armazém Monte Verde
Crédito: Eduardo AndreassiTruta a La Belle Meunière, um dos pratos do Armazém Monte Verde

Nas duas casas, o ambiente é acolhedor e tranquilo, com amplos espaços que acomodam com conforto casais e famílias em reuniões ou eventos festivos. A decoração é atraente, com bom atendimento, a culinária é de qualidade, e os preços são justos e bem acessíveis.

Se a sua opção for o Trás os Montes, especializado na cozinha portuguesa, poderá experimentar uma das 50 opções de pratos típicos e petiscos, incluindo a culinária nacional.

Os pratos de melhor referência são o tradicional bacalhau, a picanha na pedra, o rodízio de fondue e os frutos do mar. Há boas cervejas, com muitas marcas importadas, e uma excelente carta de vinhos de qualidade.

O algo mais é a vista privilegiada que o restaurante proporciona da paisagem do vilarejo. Nos fins de semana oferece música ao vivo.

O tradicional bacalhau do restaurante Trás os Montes, especializado na cozinha portuguesa
Crédito: Eduardo AndreassiO tradicional bacalhau do restaurante Trás os Montes, especializado na cozinha portuguesa

No Armazém Monte Verde, o cardápio também oferece mais de 50 pratos da cozinha alemã, italiana e brasileira, petiscos e mais de 30 tipos de pizzas, preparadas tipicamente ao modo italiano.

Quem aprecia uma boa massa, poderá provar os fettuccines e os risotos preparados com esmero. Mas não faltam outras opções: filés de carne, picanha, frango e peixe, frango a passarinho, Wellington aperitivo e os famosos e reconhecidos rodízios de fondue de todos os tipos.  Há uma grande variedade de cervejas nacionais e importadas –algumas de trigo– chope e diferentes tipos de sucos e aperitivos, como caipirinha.

Além do seu amplo espaço interno os turistas também podem fazer suas refeições confortavelmente instalados em uma dos três ambientes que a casa oferece.

 Filé do Trás os Montes, que apesar de ser especializado na cozinha portuguesa, tem carnes no cardápio
Crédito: Eduardo AndreassiFilé do Trás os Montes, que apesar de ser especializado na cozinha portuguesa, tem carnes no cardápio

O local é bastante procurado pelos jovens casais, famílias e empresários para um delicioso brunch e happy hour.

Trás os Montes
Onde: av. Monte Verde, 845. Tel.: (35) 3438-1699
Horário: de segunda a quinta-feira, das 12 às 22h30, e de sexta a domingo, das 12 a 0h.
E-mailtrasosmontesmv@gmail.com

Armazém Monte Verde Restaurante
Onde: av. Monte Verde, 760. Tels.: (035) 3438-2009 ou (035) 9107-7737
Horário: de segunda a quinta-feira, das 12 às 22h30, e de sexta a domingo, das 12 a 0h.

Como chegar

Turistas na Pedra Redonda
Crédito: Eduardo AndreassiTuristas na Pedra Redonda

Para chegar ao vilarejo, o turista deve seguir pela rodovia Fernão Dias (BR-381) até a cidade de Camanducaia, utilizando a saída 918. Depois é só seguir cerca de 35 km acompanhando as placas de sinalização.

Distâncias de Monte Verde

Camanducaia – 30 km
São Paulo – 166 km
Campinas – 160 km
Rio de Janeiro – 541 km
Belo Horizonte – 483 km
Brasília – 1065 km

Por Eduardo Andreassi

Compartilhe:

1 / 8
1
04:47
Entenda como o fogo na Amazônia virou uma crise internacional
O fogo que consome a Amazônia, maior floresta tropical do mundo, já representa 52,5% de todas as queimadas registradas no …
2
02:58
Como se prevenir de doenças
Você sabe o que são as doenças crônicas não transmissíveis? Hoje, a Dra. Aline Oliveira, médica de família, fala sobre ações …
3
03:13
Kinoplex: o cinema sem defeitos em São Paulo!
Quem disse que cinema de shopping é tudo igual? São Paulo acaba de ganhar um espaço exclusivo, com seis salas …
4
08:59
Vinicius Poit defende Salles como ministro do Meio Ambiente
O deputado federal Vinicius Poit (NOVO-SP) defendeu a permanência de Ricardo Salles como ministro do Meio Ambiente no Governo Bolsonaro. …
5
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
6
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
7
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
8
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …