Um roteiro fora do comum para conhecer São Paulo

Apesar da cidade ser muito grande, é possível vivê-la de uma maneira “pequena”

Por: entaovah Comunicar erro

O @entaovah te leva junto com a Catraca Livre por um roteiro bem legal na cidade de São Paulo, com garoa ou sem! Já foi? Então Vah!

São Paulo é a terra da Garoa, a Selva de Pedras e a Babilônia em chamas. Chame como quiser, mas saiba, existe amor em SP! Esse amor todo vem das pessoas e da relação que o paulistano cria nas suas pequenas convivências com outras pessoas e com a cidade!

Apesar da cidade ser muito grande, é possível vivê-la de uma maneira “pequena”, escolhendo bairros e se permitindo senti-la com calma e atenção.

O entendimento de que não é possível conhecer São Paulo de uma vez só é muito importante e faz com que sua visita não seja frustrada.

O @entaovah escolheu alguns bairros para guiar vocês pelo tradicional renovado e por pequenas descobertas.

O roteiro é completo e passamos por hospegadem, bares e restaurantes e passeios diferentões.

Morumbi, um oásis verde na cidade

Em São Paulo, o Morumbi divide opiniões. Do outro lado da ponte, muita gente acha que é muuuuito longe e que não vale a pena a visita. ERRO. Ali tem lugares escondidos e pouco visitados que fazem você esquecer da correria que acontece logo ali. O importante aqui é estar atento aos horários de locomoção para chegar e sair de lá, já que o bairro conta com poucas saídas e pode ter bastante trânsito em horários de pico.

As dicas ali são de fuga do concreto massivo e passam pela harmonia de entornos verdes com arquiteturas bem planejadas para o conforto.

A Fundação Oscar Americano conta com um brunch bem gostoso aos domingos e pode ser um ótimo ponto de começo para desbravar esse bairro de São Paulo. Além da boa comida, tem jardins incríveis e te dá a sensação que o tempo é relativo, gaste algum por ali.

Crédito: Henrique LuzCasa de Vidro. Crédito: Henrique Luz

Meu lugar favorito no Morumbi é a Casa de Vidro, da Lina Bobardi, a mesma arquiteta que projetou o MASP, e que agora rola uma exposição simultânea nas duas “casas”. Realmente um oásis na cidade.

Para fechar, o bom e bonito Parque Burle Marx projetado pelo paisagista e arquiteto Burle Marx é recheado por trilhas e por jardins lindos e dignos de contemplação.

A dica de restaurante é o Bananeira, com almoço executivo e a lá carta a noite.

Bixiga, o encontro do novo com o antigo

O Bixiga hoje é o bairro com maior mistura do novo hipster com o tradicional italiano da cidade.

Você pode começar almoçando no C Que Sabe… , uma cantina fofa de massa boa, com bom custo benefício, com fitinhas e utensílios de cozinha pendurados no teto, perfeito para ir pro Instagram! Mas não coma a sobremesa por ali, a padaria 14 de julho tem o melhor cannoli da cidade e te espera com queijos a serem beliscados, um ótimo pão italiano e a possibilidade de levar o jantar pra casa, épico.

A tarde vai passando, e o Lab Mundo Pensante, já está aberto. Cervejas, drinks, cursos, workshops e a possibilidade entre ficar dentro e fora que tanto agrada um bom paulistano. Estica para a escadaria do Bixiga pra ver “a banda passar” com calma e tranquilidade, está linda e renovada com novos grafitis trazendo reflexões importantes para a cidade.

O Bixiga não para. Às sextas a noite tem o tradicional samba do Bixiga na 13 de maio, com a banda Madeira de Lei, samba de rua, democrático e que respeita os horários dos vizinhos. nos outros dias, recomendo a Casa Barbosa, sempre com músicos bons trazendo vida para madrugada.

A nova Paulista

A Paulista está repaginada e hoje é um polo cultural e artístico de uma das maiores metrópoles do mundo. Fechada aos domingos para que possamos aproveitar a rua de São Paulo e retomar os espaços públicos com artistas de rua, aulas de dança, espetáculos e shows. Pegue sua bike, alugue um patinete e fique livre para explorar os melhores lugares da avenida.

Você pode andar por ela de cabo a rabo, começando no mural do Kobra do Oscar Niemeyer. Passa pela Japan House, Casa das Rosas, Sesc 24 de maio, para ver a Paulista toda do mirante. Fiesp, escadarias da Gazeta onde tem o Lina Cafeina em homenagem a já citada Lina Bobardi. O MASP que tá apresentando suas obras de uma maneira inovadora e limpa. O IMS, onde você pode almoçar no Balaio, restaurante assinado pelo famoso paulistano Rodrigo Oliveira, se sentindo de saída mais culta, só por estar dentro de um museu! (risos!)

Você consegue passar o dia todo ali como se tivesse passado somente uma hora.

Meu cinema do coração está na região, o Itaú Cinemas fica na Augusta e te permite sentir a cidade mais próxima, já que não fica enfurnado nos shoppings da cidade e resgata os deliciosos cinemas de rua.

Minha dica certeira para finalizar a noite depois do cineminha é jantar no inovador Sliders, uma hamburgueria que faz lanches menores, do tamanho de meio sanduba. Um lugar pra ficar na rua e comer entre cervejas artesanais, enquanto um sliderzometro contabiliza a quantidade de sanduíches vendidos desde que a casa abriu. Eu amo.

Vila Mada, a casa da arte de rua

A Vila Madalena segue sendo o bairro queridinho e cada vez mais diversificado, recebendo diferentes tipos de viajantes. A arte de rua continua sendo o grande astro do bairro e preenche ele todo, no Beco do Batman dando espaço para rodadas de artistas poderem mostrar seus trabalhos e em todas as ruazinhas cheias de lojas autorais que mostram a cara do paulistano atual.

A A7MA é uma galeria de arte de artistas fodásticos e que trazem toda a cultura da rua, por exposições e disponibilidade do acervo. Ali é um lugar em São Paulo pra quem está atento, de reflexões e muita conversa solta com os meninos que te recebem. Essa é minha predileta, mas existem outras pela região, basta permitir se perder pra encontrar muita coisa legal.

A Barbearia do Paschoal está muito além das barbearias da moda, que são feitas só para homens que tomam cerveja e andam de moto. Ali é um espaço para todxs, os fios são cortados e cobrados não por gênero mas por tamanho do fio. Além dele tem a musa Naja, que vende seus kimonos bafo e artesanais e a diva da tattoo Gabrielle Navarro que fez minha última aquarela no free hand. Essa turma está na época certa, rindo na cara do patriarcado e atendendo pessoas e não gêneros entre cafés e risadas.

O restaurante certo do bairro é o Quincho, um vegetariano provocativo (“Você tem fome de quê?”) que entende e atende a todos e nunca vi nenhum carnívoro botar defeito. Aberto a noite, o que é inovador para o segmento e muito gostoso. Os drinks são incríveis, vá de Fitz Gerald acompanhando o bolovo que não tem erro.

Crédito: @entaovahRestaurante Quincho. Crédito: @gustavoyazbek

O Mercado de Pinheiros é um passeio e tanto e bem diversificado. Ele conta com feira, o que já deixa qualquer ambiente lindo, com restaurantes deliciosos, como o Rainha, o esquina Mocotó e a Napoli Centrali, uma pizzaria fera!  Mesas do lado de fora pra comer com calma e esquecer do mundo. Depois de se sentir bem alimentado, se jogue nas lojinhas de produtos artesanais, queijarias deliciosas e peixarias com tudo fresco. Imperdível!

Não temos como deixar de falar da Rua Guaicuí, uma rua fechada para carros, cheia de luzinhas e o maior astral com seus bares, comidas, sorvetes e pessoas na rua. Qualquer lugar ali vai ser sucesso, MAS, o Mica é meu favorito, com sabores orientais que vão dos petiscos aos drinks, é pra morrer de prazer.

Opções de bares e drinks pela Vila não faltam. Acredite no drink de beterraba do Benzina, e se estiver por SP em uma terça feira, não perca o Viaje com o Barman. Um menu degustação de drinks e pequenos petiscos. Surreal!

Perdidos por aí!

Além dos bairros já citados, temos algumas joias pela cidade, que podem valer o deslocamento e acertar dentro do roteiro! A doceria que ganhou espaço na cidade é a Tartelier, e fica na low profile Saúde! A Beth Bakery, uma padaria imperdível aos finais de semana e fica na Aclimação.

Crédito: GUSTAVO MORITANós amamos glutén

O Conchinchine está nos Jardins e vale pela gastronomia específica do norte do Vietnã e muito boa. Apresenta texturas em sabores com muito cuidado. De entrada vá de Bahnboyloc e Dumpling Consume; para sobremesa vá no Brullee de Jaca e nesse meio faça como preferir, é tudo bom!

O Laje Pirajá fica na Faria Lima e te entrega os famosos espetinhos com cerveja de garrafa da casa <3.

O restaurante armeno Dozza fica em Osasco mas te transporta para as arábias. O grego tradicional Acrópoles, no Bom Retiro é unânime na cidade de São Paulo.

Para relaxar na cidade, nada melhor que o Buddha Spa, um lugar para permitir que cuidem de você, entre chás e massagens.

Onde dormir

Foi pela Vila Mada que escolhi onde dormir, o bairro é ótimo para ficar pela quantidade de opções de coisas a serem feitas a pé, tanto pela manhã como pela noite. Ou seja, é ótimo para encaixar entre passeios pelo resto da cidade. Além de estar em fácil acesso para se locomover.

O Guest Urban tem um custo benefício de arrasar quarteirão, que nesse caso, estamos falando da Benedito Calixto que fica ao lado. O básico é todo bom. Cama, travesseiro, chuveiro e café da manhã. O resto é charme mesmo, muito bem decorado com design minimal e atual que faz você se sentir bem e em casa!

Já foi comprar sua passagem pra São Paulo? Entaovah !

Entaovah descobrir tudo sobre às aventuras de Boituva!

Entaovah descobrir tudo sobre Gonçalves, ao sul de Minas!

Entaovah descobrir tudo sobre o paraíso africano, Zanzibar!

Entaovah descobrir tudo sobre os safaris animais da Tanzania!

Autor:

O @entaovah é um perfil no Insta de dicas para viajantes que não tem vergonha de turistar mas que adora parecer um local.

O perfil começou a pouco, mas a história é de vida inteira, feita com muito cuidado buscando pequenas descobertas! Já são mais de 30 países e 59 cidades brasileiras.

Não uso filtros, porque gosto das cores como são.

Faço roteiros bem personalizados e que realize os seus sonhos, filtrando pra você todas às um milhão e oitocentas possibilidades entregues pelo google e blogs!

Já me mandou um DM com seu próximo destino? Entaovah!

Por: entaovah

Viajante por natureza, partilho pequenas descobertas. Roteiros com amor para você realizar seus sonhos ?‍♀️❤ Já foi? Então vah

1 / 8
1
05:22
Conheça os brinquedos mais radicais dos parques de Orlando
A Catraca Livre foi para a Flórida, nos Estados Unidos, conhecer os parques mais divertidos da região a convite do …
2
03:24
Vovó deixa presídio e ensina como viajar pelo mundo
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece. -------------------------------------------------------- DIREÇÃO: …
3
02:25
9 lugares incríveis para visitar de graça em Belo Horizonte
O Circuito Liberdade é um grande complexo cultural localizado em Belo Horizonte. Prédios públicos ganharam novos usos para hospedar arte …
4
01:49
9 lugares com uma vista incrível no Rio de Janeiro para você fotografar
Conheça 9 lugares incríveis e de graça para você curtir as paisagens do Rio de Janeiro e ainda tirar fotos …
5
01:31
O que fazer em caso de bagagem extraviada pela companhia aérea?
Um dos maiores medos de que vai pegar o avião é perder a bagagem. Saiba como proceder em uma situação …
6
01:17
Sky Costanera, o maior observatório da América Latina
O Sky Costanera é considerado o maior observatório da América Latina e fica em Santiago, no Chile. Nele é possível …
7
01:01
Zipflyer: a tirolesa só para quem tem MUITA coragem
A Zipflyer, é considerada a maior tirolesa do mundo e fica localizada em Pokhara, no Nepal. Ela conta com 1850 …
8
01:31
Como tirar ou renovar passaporte?
Tem dúvidas sobre o procedimento necessário para emitir seu passaporte? Saiba por onde começar com as nossas dicas. Mais informações sobre …