Bolsonaro leva uma facada do seu filho Carlos no hospital

Enquanto começa a recuperação da cirurgia, Jair Bolsonaro vai ter que responder com urgência a facada que seu filho Carlos lhe deu no hospital. Carlos ganhou as manchetes ao defender a ditadura. Pela proximidade dos dois, a suspeita é de que o filho esteja apenas refletindo o que intimamente o pai.

Muito da reação aos meios de comunicação, Congresso, Judiciário e ONGs está enraizada na visão autoritária do e Bolsonaro. Para ele, o Brasil não teve ditadura nem censura à imprensa. O post de Carlos traz a suspeita de que Bolsonaro explicaria parte de sua queda de popularidade à suposta “ineficácia” de democracia. A polêmica fez voltar a circular vídeos constrangedores do pais, defendendo exatamente o que Carlos está agora defendendo.

Vejo o comentário de Gilberto Dimenstein na íntegra no vídeo:

Leia mais: