‘Gabinete do ódio’ de Bolsonaro gera crise entre seus filhos

No discurso para seu público, Jair Bolsonaro culpa a “grande imprensa” como a principal responsável pelo derrocada de sua popularidade –queda constada pelas próprias pesquisas do Palácio do Planalto. Mas, dentro da assessoria presidencial, se aponta um responsável interno: o chamado “gabinete do ódio”. Não só na assessoria presidencial. Também na própria família Bolsonaro: mais precisamente, o senador Flávio, de perfil mais moderado. Confira mais detalhes no vídeo:

Leia mais: