Mestres da Criatividade: o botão que salva vidas

Você sabe quem fez a roupa que está usando agora? Já passou pela sua cabeça que pode ter sido uma criança?

Uma em cada seis crianças são utilizadas em trabalho semi-escravo ou escravo, segundo dados da Organização das Nações Unidas.

Ou seja, 250 milhões de crianças são submetidas a esse tipo de mão de obra ilegal e, acredite, muitas vezes não temos conhecimento do quanto contribuímos para que essa realidade continue do jeito que está.

Só no Brasil estima-se que o número de crianças nessa situação seja de 2,7 milhões e a indústria da moda é revelada como uma das principais exploradoras desse tipo de mão de obra.

Foi pensando nesse triste cenário que a WFTO (Organização Mundial de Comércio Justo), junto à agência Red Fuse, criaram o Fair Button: “um botão sorridente que só pode ser usado pelas marcas que produzem suas roupas de maneira ética, sem o uso de mão de obra infantil.”

Todas as marcas que comprovarem que seguem um formato ético de produção de suas peças e assumirem o compromisso de combate à exploração infantil poderão receber o certificado da WFTO e usar os botões sorridentes em suas coleções.

Além disso o projeto ainda se compromete a enviar parte do que arrecadar para ONGs que trabalham com a proteção de crianças.

O Fair Button vem como uma frente forte de combate à exploração infantil e torna a questão literalmente visível. Com esse “simples” botão azul uma aula de ética e cidadania é dada e a conscientização passa a ser mais efetiva.

O mercado da moda é enorme, mas ainda deixa muito a desejar quando é cobrada a transparência dos meios de produção.

Que esse projeto abra caminho para muitos outros e principalmente que abra os olhos daqueles que consomem essas peças que às vezes carregam terríveis histórias não contadas.

Texto por: Laura Sarkovas

Este vídeo é uma parceria entre o programa “As Melhores Surpresas do Mundo” e a plataforma “Mestres da Criatividade”.

Acesse aqui também e concorra a uma assinatura gratuita para acessar todo o conteúdo dessa plataforma.

Veja também:

embed]