O caso Robinho e os dados que revelam que uma pessoa é estuprada a cada 8 minutos no Brasil

A cada 8 minutos uma pessoa foi estuprada no Brasil em 2019. Foram mais 66.123 casos registrados nas delegacias de todo o país.  Em quase 85,7% deles, as vítimas eram mulheres, o que releva que a violência de gênero ainda é uma realidade sombria e que precisa ser combatida. Os dados são da última edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

Eles foram divulgados em um contexto em que o crime – o estupro – ganhou força na imprensa com o caso do jogador de futebol Robinho, condenado em primeira instância pela Justiça italiana a nove anos de prisão pelo crime de violência sexual em grupo contra uma jovem albanesa.

O crime aconteceu em 2013, durante uma festa em uma boate em Milão. À época, a vítima tinha 23 anos.

O caso Robinho e os dados do Anuário fora os assuntos do #GiroCatraca de hoje.

Confira todos os detalhes no vídeo.