O que acontecerá com Lula e outros presos após a decisão do STF?

Por 6 votos a 5, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu mudar o entendimento sobre a prisão de condenados em segunda instância, algo que vinha sendo praticado desde 2016.

A partir de agora, os condenados só serão presos após o trânsito em julgado. Ou seja, quando não cabe mais nenhuma possibilidade de recurso no processo.

A mudança pode beneficiar mais de 4.800 pessoas que hoje estão presas, mas cada caso deverá passar por uma análise rigorosa de um juiz antes de ser decretada ou não a soltura. O ex-presidente Lula é um deles.

Veja mais detalhes no vídeo.