MIS abre venda de ingressos para a exposição John Lennon em Nova York

Por: Redação
Até de de
Terça – Quarta – Quinta – Sexta – Sábado – Domingo
– Terças a sábados — 10h às 20h
Domingos e feriados — 10h às 19h
Preço: Comprar
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Local: MIS – Museu da Imagem e do Som
Avenida Europa, 158 – Jardim Europa, São Paulo – SP, Brasil
Mais informações:
Telefone: (21) 2265-9933
Site: http://www.funarte.gov.br/espaco-cultural/teatro-cacilda-becker/

A exposição John Lennon em Nova York por Bob Gruen já tem data marcada e venda de ingressos antecipados. O MIS apresenta a mostra inédita a partir de 13 de março de 2020, numa grande comemoração aos 80 anos de nascimento e 40 anos de legado deste importante músico da história.

O MIS inicia a venda antecipada de entradas a partir do dia 7 de fevereiro, sexta-feira, às 12h, no site e aplicativo da Sympla. Os ingressos disponibilizados para a venda antecipada, nos valores de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), contemplam a visitação durante o mês de março.

Crédito: Bob Gruen Inédita do Brasil, mostra fotográfica exibe imagens de John Lennon do fotógrafo Bob Gruen

A exposição exibe imagens do fotógrafo Bob Gruen do dia-a-dia de John Lennon em Nova York. Bob Gruen, que é um dos maiores fotógrafos da cena rock’n’roll mundial ainda em atividade na contemporaneidade, capturou a cena musical durante mais de quarenta anos em fotografias que se tornaram reconhecidas mundialmente.

Pouco tempo após John Lennon se mudar para Nova York em 1971, Bob se tornou fotógrafo e amigo pessoal de John e Yoko, fazendo fotos de sua vida profissional e de momentos em família. Em 1974, ele criou as imagens icônicas de John Lennon vestindo uma camiseta da cidade de Nova York, e de pé, em frente à Estátua da Liberdade, fazendo o sinal de paz – duas das imagens mais populares de Lennon.

Crédito: Bob GruenInédita do Brasil, mostra fotográfica acontece em março e revela o dia-a-dia do músico na cidade de Nova York entre os anos de 1971 e 1980

Como fotógrafo-chefe da Rock Scene Magazine nos anos 1970, Bob se especializou em cenas autênticas dos bastidores. Ele fez longas turnês com as bandas de punk e new wave que acabavam de surgir, entre elas New York Dolls, Sex Pistols, Clash, Ramones, Patti Smith Group e Blondie. Bob também trabalhou com grandes nomes do rock, como Led Zeppelin, The Who, David Bowie, Tina Turner, Elton John, Aerosmith, Kiss e Alice Cooper.

Compartilhe: