Peça de Nelson Rodrigues, ‘A Serpente’ ganha montagem no Rio

Nova montagem de 'A Serpente', útima peça de Nelson Rodrigues, fica em cartaz no CCBB até setembro
Até
03
de setembro 2018
Domingo - Segunda - Quinta - Sexta - Sábado
Às 19h
array(3) { ["address"]=> string(69) "Rua Primeiro de Março, 66 - Vila Clementino, São Paulo - SP, Brasil" ["lat"]=> string(11) "-22.9010053" ["lng"]=> string(18) "-43.17627190000002" }

CCBB RJ - Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro

Rua Primeiro de Março, 66 - Vila Clementino, São Paulo - SP, Brasil

Centro cultural

site: culturabancodobrasil.com.br

email: ccbbrio@bb.com.br

telefone: (21) 3808-2020

A história de uma mulher que se apaixona pelo marido da irmã pode ser vista até setembro no CCBB

A disputa de duas irmãs pelo mesmo homem é a trama principal da última peça escrita por Nelson Rodrigues, “A Serpente”, que ganha nova montagem no CCBB (Centro Cultural do Banco do Brasil), com ingressos a R$ 30 e R$ 15 (meia).

O texto de 1978 tem apenas um ato e ganha vida no palco pelos atores Carolina Lopez, Fernanda Heras, Eric Lenate, Rodrigo Caetano e Ana Negraes, sob a direção de Eric Lenate e Erica Montanheiro.

Cena da peça 'A Serpente'
Crédito: Leekyung Kim/DivulgaçãoNova montagem de ‘A Serpente’, útima peça de Nelson Rodrigues, fica em cartaz no CCBB até setembro

Na peça, duas irmãs que juraram nunca se separar vivem no mesmo apartamento com seus respectivos maridos. O casal Guida e Paulo vive uma aparente interminável lua de mel, enquanto Lígia e Décio não chegaram sequer a consumar o casamento. Lígia decide se suicidar movida pela infelicidade em seu relacionamento amoroso, mas Guida, na tentativa de impedir a morte da irmã, oferece o próprio marido por uma noite. A desconcertante oferta moverá toda essa trama de amor e morte.

Esta é a terceira montagem de Eric Lenate para peças de Nelson Rodrigues: a primeira foi em 2013, quando dirigiu “Vestido de Noiva” e a segunda, em 2015, quando assinou a direção de “Valsa Nº6”.

“A Serpente” fica em cartaz só até o dia 3 de setembro, de quinta a segunda, às 19h. Partiu lotar nossos teatros?

Peças de teatro 0800 ou baratinhas para curtir no Rio

Compartilhe:

Autor: Por: Redação