Peças de teatro no Rio para assistir pagando pouco

Protagonizada por Debora Lamm e Inez Viana, 'Por Favor Venha Voando' fala de amor em tempos tão complicados

A Catraca Livre preparou um roteiro especial com espetáculos que estão no circuito cultural carioca!

Uma das vantagens de morar no Rio é, sem dúvidas, ter acesso a uma programação cultural diversificada e para todos os bolsos. Nos palcos da Cidade Maravilhosa, as produções voltam a todo vapor nesse pós-Carnaval! Para você não ficar de fora, a Catraca Livre reuniu peças de teatro em cartaz bem baratinhas.

Não tem desculpa para não prestigiar nossos artistas, hein! Confira a programação:

Peça de teatro 'Por Favor Venha Voando'
Crédito: Elisa Mendes/DivulgaçãoProtagonizada por Debora Lamm e Inez Viana, 'Por Favor Venha Voando' fala de amor em tempos tão complicados
Peça de teatro 'Caixa Preta'
Crédito: João Julio Mello/Divulgação'Caixa Preta' é uma instalação performática teatral que reflete sobre a morte
Musical 'Nelson Gonçalves - O Amor e O Tempo'
Crédito: DivulgaçãoMusical 'Nelson Gonçalves - O Amor e O Tempo' homenageia o cantor e compositor
Peça de teatro 'Ariano — O Cavaleiro Sertanejo’
Crédito: @ciclomaticos.companhiadeteatro/FacebookAriano Suassuna é homenageado no espetáculo ''Ariano — O Cavaleiro Sertanejo’
Peça de teatro 'O Preço'
Crédito: Gustavo Paso/Divulgação'O Preço' é um drama familiar que mostra o encontro de dois irmãos após anos da morte do pai
Peça de teatro 'Maracanã'
Crédito: Giselle Kosovski/Divulgação'Maracanã' relaciona a obra 'Macbeth', de Shakespeare, às lembranças de um homem no estádio
Peça Pangeia
Crédito: Daniel Barboza/DivulgaçãoProtagonizada por João Velho e Priscila Maia, a peça 'Pangeia' investiga os objetos icônicos de contos dos Irmãos Grimm
  • “Por Favor Venha Voando” – CCBB

O texto inédito de Pedro Kosovski foi construído durante o processo de criação da montagem, a partir de um desejo das atrizes Debora Lamm e Inez Viana de falar de amor em tempos tão complicados – do amor como ato político acima de tudo. “O que nos liga ou não a uma pessoa? Por que algumas pessoas ficam e outras só passam na nossa vida? Que movimento é esse de ficar numa relação?”. Estes questionamentos e experiências pessoais das atrizes são o fio condutor de uma história de amor entre duas pessoas do mesmo sexo.

Quando?  De  quinta a segunda, às 19h30 |  Até 29 de abril
Onde? CCBB | Rua Primeiro de Março, 66 – Centro
Quanto? R$ 15 (meia)

  • “Caixa Preta” – CCBB

“Caixa Preta” é uma performance onde um homem morto e duas mulheres feridas convidam o público para um velório coletivo em que a postura diante do luto é colocada em questão. A instalação teatral propõe um olhar reflexivo, crítico, amoroso, por vezes dramático, por vezes humorado, sobre nossos comportamentos e construções face à morte. Teve como inspiração e ponto de partida a escultura “Pai Morto”, de Ron Mueck, e o livro “História da morte no ocidente”, de Philippe Ariès, além de vivências dos três relacionadas à morte e ao luto.

Quando?  De quinta a domingo, às 17h e às 19h | Até 21 de abril
Onde? CCBB | Rua Primeiro de Março, 66 – Centro
Quanto? R$ 15 (meia)

  • “Nelson Gonçalves – O Amor e O Tempo” – Sesc Ginástico

A montagem homenageia de forma singela e emocionante a trajetória de um dos maiores ídolos da música brasileira, que vendeu mais de 80 milhões de discos em sua longa carreira. A figura humana de Nelson Gonçalves e os seus sentimentos são o fio condutor do musical. Seus desejos, pensamentos, amores e anseios são retratados no texto de Gabriel Chalita e nas 33 canções escolhidas para compor a delicada e sensível história. No palco, os intérpretes trazem à tona os dois lados do cantor e compositor , num diálogo constante entre o amor ou o lado emocional e o tempo ou o lado racional.

Quando?  De quinta a sábado, às 19h | Domingo, às 18h | Até 31 de março
Onde? Sesc Ginástico | Avenida Graça Aranha, 187 – Centro
Quanto? R$15 (meia com 1kg de alimento) e R$7,50 (habilitado Sesc)

  • “Ariano — O Cavaleiro Sertanejo” – Teatro Dulcina

A montagem, em homenagem a Ariano Suassuna, é uma viagem ao universo nordestino através de alguns ícones da sua cultura, como o cancioneiro, o sertanejo, o repente, o forró, o mamulengo e o Movimento Armorial — idealizado e dirigido pelo dramaturgo. No palco, seis cavaleiros à procura do autor invadem com música e poesia a cidade de Armorial. Eles contam e cantam sobre a lenda do cavaleiro nordestino, aquele que nasceu, amou, viveu e lutou usando as armas mais potentes: a pena e a tinta.

Quando? Diariamente, às 19h | Até 14 de abril
Onde? Teatro Dulcina | Rua Alcindo Guanabara, 17 – Centro
Quanto? R$ 15 (meia)

  • “O Preço” – Sesc Copacabana  

Dois irmãos (Erom Cordeiro e Romulo Estrela) voltam a se encontrar anos depois da morte do pai, para desocupar a casa que deixaram intacta ao longo de todos aqueles anos. Nesta peça, o espectador tem a oportunidade de ver como irmãos que viveram sob o mesmo teto têm versões diferentes sobre os mesmos fatos, opiniões divergentes sobre os mesmos conflitos e visões tão antagônicas do mesmo pai que chegam a parecer dois estranhos. São desenvolvidos diálogos potentes e emocionantes sobre a família e a forma como as relações se deterioram quando os problemas não são resolvidos.

Quando? De quinta a domingo, às 19h | Até 31 de março
Onde? Sesc Copacabana |Rua Domingos Ferreira 160 – Copacabana
Quanto? R$ 15 (meia com 1kg de alimento) e R$ 7,50 (associado do Sesc)

  • “Maracanã” –  Sesc Copacabana  

Um homem, sozinho no palco, dá uma aula ou conferência sobre sobre a tragédia mais sombria de William Shakespeare: “Macbeth”. Ele trata do assunto com muita paixão, e sua fala é atravessada pela lembrança de experiências vividas no estádio do Maracanã. Na peça, o misterioso narrador  provoca o público com questões sobre a impunidade, o comportamento das massas e valores como o bem e o mal.

Quando? Sexta a domingo, às 18h | Até 31 de março
Onde? Sesc Copacabana |Rua Domingos Ferreira 160 – Copacabana
Quanto? R$ 15 (meia com 1kg de alimento) e R$ 7,50 (associado do Sesc)

  • “Pangeia” – Oi Futuro

A peça infantojuvenil, que originalmente foi montada em Portugal, ganha sua versão brasileira com os atores João Velho e Priscila Maia nos papeis de pesquisadores que investigam os objetos icônicos presentes em contos dos Irmãos Grimm. Nesta viagem sonora e visual, ganham voz – literalmente – o sapato da Cinderela, o espelho da Branca de Neve, o chapéu da Chapeuzinho Vermelho, as migalhas de João e Maria, entre outros.

Quando? Sábado e domingo, 16h| Até 24 de março
Onde? Oi Futuro | Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo
Quanto? R$ 10 (meia)

Compartilhe:

Autor: Por: Redação