Peças de teatro para assistir no Rio pagando a partir de R$ 10

'Aventuras da Karoline' narra a história de uma drag queen que vive no subúrbio
Por: Redação | Comunicar erro

A Catraca Livre preparou um roteiro especial com espetáculos que estão no circuito cultural carioca!

Uma das vantagens de morar no Rio é, sem dúvidas, ter acesso a uma programação cultural diversificada e para todos os bolsos. Nos palcos da Cidade Maravilhosa, as produções voltam a todo vapor nesse início de ano! Para você não ficar de fora, a Catraca Livre reuniu peças de teatro em cartaz bem baratinhas.

Não tem desculpa para não prestigiar nossos artistas, hein! Confira a programação:

Peça de teatro 'Cárcere'
Crédito: Valmir de Lara/Divulgação'Cárcere' conta a história de um presidiário pianista prestes a ser refém de uma rebelião
'Solo'
Crédito: Vinícius Arneiro/DivulgaçãoUm coveiro solitário que tem uma profunda devoção pela terra é o protagonista da peça 'Solo'
Peça de teatro 'E se mudássemos de assunto'
Crédito: Facebook Em 'E Se Mudássemos de Assunto', histórias entrelaçadas mostram uma sociedade que optou por 'não mais sentir'
Peça de teatro 'E Aí, Me Manda um Nude?'
Crédito: @teatrocafepequeno/Facebook'E Aí, Me Manda um Nude?' gira em torno do vazamento de um vídeo intimo nas redes sociais
Peça de teatro 'Aventuras da Karoline'
Crédito: @teatrocafepequeno/Facebook'Aventuras da Karoline' narra a história de uma drag queen que vive no subúrbio
'O Segundo Armário'
Crédito: Divulgação'O Segundo Armário' conta a história de um jovem que se descobre soropositivo
Musical 'O Menino Feito de Trapos'
Crédito: DivulgaçãoNo musical 'O Menino Feito de Trapos', Lara deseja que seu boneco de pano e palha vire um menino de verdade
  • “Cárcere”

Apresentada em quinze países, a peça encenada pelo ator e diretor Vinícius Piedade trata de uma semana na vida de um pianista presidiário que, privado da liberdade e de seu piano, vira refém em uma rebelião. No cárcere, ele vive em contagem regressiva, e suas expectativas, impressões, lembranças, reflexões e sensações são expressadas em um diário.

O espetáculo joga luz em temas como a precarização das prisões e a ineficácia na ressocialização dos ex-presidiários, e propõe uma visão humanizada para a atual crise no sistema carcerário brasileiro.

Quando? De quinta a domingo, às 19h30 | Até 3 de março
Onde? CCBB | Rua Primeiro de Março, 66 – Centro
Quanto? R$ 15 (meia)

  • “Solo”

A peça levanta questões ligadas às minorias através da história de um coveiro solitário, criado entre lápides de um cemitério, que tem uma profunda devoção pela terra. É nela que ele encontra aceitação e afeto e é por ela que ele se transforma.

Quando? De quarta a domingo, às 19h30 | Até 3 de março
Onde? CCBB | Rua Primeiro de Março, 66 – Centro
Quanto? R$ 15 (meia)

  • “E Se Mudássemos de Assunto?”

A peça fala de amor ou da falta dele através de histórias de incomunicabilidade nas relações a dois. Desde o primeiro encontro, até a separação de um casal que viveram anos juntos. Do “eu te amo” que não é verbalizado, até um término às escuras, tudo se pauta pelo não dito. Em seis crônicas entrelaçadas, o espetáculo apresenta uma sociedade que optou por “não mais sentir” como forma de proteção em meio à praticidade do mundo contemporâneo.

Quando? Sábado e domingo, às 19h30 | Até 27 de janeiro
Onde? Parque das Ruínas | Rua Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa
Quanto? R$15 (lista amiga)

  • “E Aí, Me Manda um Nude?”

No espetáculo, um corretor de imóveis tem um vídeo intimo vazado nas redes sociais, o que levou ao fim de seu relacionamento. Depois da exposição, ele passa a buscar ajuda em uma terapia grupal, revelando suas perdas e todas as suas sensibilidades mais profundas de forma bem divertida e cômica.

Quando?  Domingo, às 22h | Até 27 de janeiro
Onde? Teatro Municipal Café Pequeno | Avenida Ataulfo de Paiva, 269 – Leblon
Quanto? R$ 15 (meia)

  • “Aventuras da Karoline”

A comédia narra as aventuras da drag queen Karoline Absinto com música, dublagem e histórias pra lá de envolventes. A protagonista vive no subúrbio só com a mãe, que não se interessa pelas suas descobertas. Da infância aos dilemas da vida adulta, a peça discute temas delicados por meio do humor e da cultura drag.

Quando? Quinta, às 22h30 | Até 31 de janeiro
Onde? Teatro Municipal Café Pequeno | Avenida Ataulfo de Paiva, 269 – Leblon
Quanto? R$ 15 (meia)

  • “O Segundo Armário”

Adaptação do livro homônimo de Gabriel de Souza Abreu (pseudônimo de Salvador Corrêa), a peça acompanha a história de um jovem que se descobre soropositivo. Sem ter com quem conversar, ele compartilha com o público seus momentos de desespero, aflição e tristeza. É um convite à desconstrução de paradigmas e reconstrução da solidariedade e da empatia.

Quando? Dias 9, 16, 23 e 30 de janeiro | Às 19h
Onde? Memorial Getúlio Vargas | Praça Luís de Camões, s/nº, subsolo – Glória
Quanto? R$ 10 (meia)

  • “O Menino Feito de Trapos”

Baseado no universo de OZ, o musical conta a história de Lara, uma menina que encontra um boneco de pano e palha e deseja que ele vire um menino de verdade. Ao ter seu pedido atendido, ela acaba presa no mundo do brinquedo, mais precisamente numa caixa mágica de costura. Lá, ela tem a missão de ajudar seu amigo a não descosturar e descobre um mundo lúdico e fantasioso.

Quando? Sábado, às 16h | Até 16 de fevereiro
Onde? Teatro Serrador | Rua Senador Dantas, 13 – Centro
Quanto? R$ 10 (meia)

Compartilhe:

Autor: Por: Redação