Peças de teatro no Rio para assistir pagando até R$ 40

A Catraca Livre preparou um roteiro especial com espetáculos baratinhos que estão no circuito até o fim do ano!

Por: Redação

Uma das vantagens de morar no Rio é, sem dúvidas, ter acesso a uma programação cultural diversificada e para todos os bolsos. Nos palcos da Cidade Maravilhosa, as produções estão a todo vapor! E para você não ficar de fora, a Catraca Livre reuniu peças de teatro bem baratinhas, com ingressos gratuitos e até R$ 40.

Não tem desculpa para não prestigiar nossos artistas, hein… Vem ver a programação e já chama geral!

Teatro Sesc Ginástico

  • “A Golondrina”
"A Golondrina"
Crédito: João Caldas Fº“A Golondrina” é inspirada no atentado homofóbico em um bar nos Estados Unidos, que aconteceu em 2016

Com texto do premiado autor espanhol Guillem Clua, “A Golondrina” é inspirado pelo atentado terrorista homofóbico que aconteceu no Bar Pulse, em Orlando, nos Estados Unidos, em junho de 2016. A peça narra o encontro de Ramon, um sobrevivente dessa tragédia, e Amélia, uma severa professora de canto que também está ligada ao ocorrido.

Em um encontro emocionante, os personagens vão revelando detalhes de seus passados e entendem aos poucos como suas vidas estão entrelaçadas. A peça, estrelada por Tânia Bondezan e Luciano Andrey, é uma tentativa de compreender a insensatez do horror, as consequências do ódio e como as pessoas podem sobreviver a isso juntas. A direção é de Gabriel Fontes Paiva.

Quando? 16 de janeiro a 16 de fevereiro | de quinta a sábado, às 19h, e aos domingos, às 17h
Onde? Teatro Sesc Ginástico | Avenida Graça Aranha, 187 – Centro
Quanto? R$30 (inteira), R$15 (meia-entrada e ingresso solidário mediante doação de 1kg de alimento não-perecível) e R$7,50 (credencial plena)
Classificação? 16 anos

Sesc Tijuca

  • “Os Únicos”
Cena de "Os Únicos"
Crédito: @osunicosteatro/Facebook“Os Únicos” é uma crítica às fake news e à fabricação de celebridades

A comédia “Os Únicos”, com direção de Fabiano Freitas, é uma espécie de conferência na qual o casal de palestrantes Claymara Borges e Heurico Fidélis, especialistas na mitológica dupla de cantores e compositores fakes, elaboram uma crítica à fabricação de mitos. A partir de músicas, imagens, gravações e recortes de jornais que comprovam a carreira da dupla, os palestrantes discutem o que significa existir no mundo contemporâneo.

A peça ainda trata de forma irônica da criação de celebridades destinadas ao consumo da sociedade e da necessidade de se duvidar das fake news. O elenco é formado por Lucília de Assis e Alexandre Dacosta.

Quando? 10 a 31 de janeiro | de sexta a domingo, às 19h
Onde? Sesc Tijuca| Rua Barão de Mesquita, 539, Andaraí
Quanto? R$30 (inteira), R$15 (meia-entrada) e R$7,50 (credencial plena)
Classificação? 12 anos

Sesc Copacabana

  • Benjamim – Filho da Felicidade
Cena da peça "Benjamim"
Crédito: Divulgação/site oficial da Cia. Cobaia CênicaO solo “Benjamim”, de Thiago Becker, cria uma reflexão sobre a busca humana pela felicidade

O solo “Benjamim – Filho da Felicidade”, com texto e atuação de Thiago Becker, cria uma reflexão sobre como os sonhos, desafios, objetivos e detalhes compõem e determinam a vida de uma pessoa. A dramaturgia sobre a busca incessante pela felicidade e o que realmente importa é uma história contada a partir do encontro entre ator e público.

O espetáculo da Cia. Cobaia Cênica, do Rio Grande do Sul, surgiu a partir de uma série de questões feitas a pessoas de todas as idades, como “O que te faz feliz?”, “Quais os momentos mais felizes da sua vida?” e “Como foram suas paixões?”. A direção é de Ricardo Rocha.

Quando? 16 de janeiro a 2 de fevereiro, de quinta a domingo, 20h
Onde? Sesc Copacabana| Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana
Quanto? R$30 (inteira), R$15 (meia-entrada) e R$7,50 (credencial plena)
Classificação? 12 anos

CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil

  • “Tatá – O travesseiro”
Cena de Tatá - O travesseiro
Crédito: João Julio MelloO espetáculo “Tatá – O travesseiro” tem bonecos, teatro de sombras e máscaras

A Artesanal Cia. de Teatro apresenta a peça infantojuvenil “Tatá – O Travesseiro”, sobre a amizade entre o tímido e introspectivo Lipe e seu amigo inseparável, o travesseiro Tatá. Quando Tatá desaparece, Lipe acredita que ele foi sequestrado pelo Pirata dos Sonhos. Para conseguir resgatar o companheiro, o menino precisará enfrentar seus  medos e angústias usando o poder da imaginação.

O espetáculo de teatro de animação conta essa história com bonecos, objetos, máscaras e teatro de sombras – sem muitas falas. A montagem, com direção de Gustavo Bicalho e Henrique Gonçalves, também trata de temas como adoção, bullying e separação.

O elenco conta com a participação de Alexandre Scaldini, Edeilton Medeiros, Lívia Guedes, Marcio Nascimento, Marise Nogueira e Tatá Oliveira.

Quando? 11 de janeiro a 1º de março | Aos sábados e domingos, às 16h  (exceto dias 22 e 23/2)
Onde? CCBB Rio de Janeiro | Rua Primeiro de Março, 66, Centro
Quanto? R$30 (inteira), R$15 (meia-entrada)
Classificação? livre, indicado para crianças a partir de 3 anos

  • “Billdog 2”
Cena de Billdog 2
Crédito: Guarim de LorenaOs 46 personagens de “Billdog 2” são interpretados por Gustavo Rodrigues

Com referências de filmes noir e de ação, o eletrizante “Billdog 2” fala sobre um mercenário que trabalha nas ruas de uma cidade fictícia na América. Deprimido e cheio de pesadelos, Billdog começa a sentir culpa por sua vida de crimes. Enquanto tenta colocar a cabeça no lugar, ele precisa acertar as contas com um velho amigo, acabar com um mafioso que quer matá-lo e lutar contra um monstro tóxico.

A peça é o segundo capítulo da história desse anti-herói – o primeiro estreou em 2012 no RJ. Os 46 personagens dessa trama, incluindo o protagonista, são interpretados pelo ator Gustavo Rodrigues, que está no palco apenas com o músico Tauã de Lorena e divide a direção com Joe Bone, autor do texto.

Quando? 3 de janeiro a 23 de fevereiro | De quarta a domingo, às 19h30
Onde? CCBB Rio de Janeiro | Rua Primeiro de Março, 66, Centro
Quanto? R$30 (inteira), R$15 (meia-entrada)
Classificação? 18 anos

Casa de Cultura Laura Alvim

  • “Pós-Hamlet”
Cena de Pós-Hamlet
Crédito: Rafael Machado“Pós-Hamlet” mistura trechos do clássico de William Shakespeare com acontecimentos atuais

Com a missão de celebrar os 420 anos de “Hamlet” (1599-1602), de William Shakespeare (1564-1616), o solo “Pós-Hamlet” revela o ponto de vista de um professor transtornado, sobrecarregado e traumatizado que vive em um ambiente e circunstâncias que o tiram do prumo.

A montagem, com direção de Marcio Fonseca e atuação de Gilberto Nascimento, trata de temas presentes no clássico shakespeariano, como a essência, a aparência, a realidade, a mentira e a disputa por poder, que ainda são extremamente relevantes para a nossa realidade. Para isso, a trama mistura acontecimentos da atualidade com a obra original.

Quando? 10 de janeiro a 3 de fevereiro | às segundas, às sextas e aos sábados, às 20h; e aos domingos, às 19h
Onde? Casa de Cultura Laura Alvim | Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema
Quanto? R$40 (inteira), R$20 (meia-entrada)
Classificação? 14 anos

Espaço Cultural Sérgio Porto

  • Nefelibato
Cena de Nefelibato
Crédito: Ricardo Brajterman“Nefelibato” é o retrato de um homem que perdeu tudo na época do confisco das poupanças durante o governo Collor

O solo “Nefelibato”, de Regina Antonini, narra de forma sensível a história de Anderson, um homem que passou a perambular nas ruas depois de perder sua empresa (uma agência de viagens), um grande amor e um ente querido. Essa história é contextualizada em 1990, quando a equipe econômica do governo do ex-presidente Fernando Collor confiscou parte da caderneta de poupança da população, levando milhares de brasileiros à falência.

A encenação, dirigida por Fernando Philbert, surgiu da seguinte reflexão: o quanto de loucura é necessário para que o ser humano não perca a própria vida? O protagonista, interpretado por Luiz Machado, é alguém que vive situações-limite e se equilibra entre a lucidez, a loucura, a vida e a poesia.

Quando? 10 de janeiro a 2 de fevereiro | às sextas e aos sábados, às 19h; e aos domingos, às 18h
Onde? Espaço Cultural Sérgio Porto | Rua Humaitá, 163, Humaitá (entrada pela Visconde e Silva)
Quanto? R$40 (inteira), R$20 (meia-entrada)
Classificação? 14 anos

Teatro Firjan Sesi Centro

  • “Ielda – Comédia Trágica”
Cena de Ielda, Comédia Trágica
Crédito: Fernando Machado“Ielda – Comédia Trágica” é o novo trabalho do premiado diretor Renato Carrera

Com direção e texto de Renato Carrera, o inédito “Ielda – Comédia Trágica” narra o drama de uma empregada doméstica que é acusada de um assassinato. Na trama, um grupo de amigos que não se via há bastante tempo resolve se encontrar para assistir ao último capítulo da novela “Vale Tudo”. Durante a reunião, um deles é assassinado e Ielda é considerada a principal suspeita do crime.

A peça acompanha o cotidiano de Ielda, de seu marido Marco Antonio e seu filho Cleyton, que vivem em um beco ao lado da Praça da Apoteose. Comédia e tragédia se misturam tendo como pano de fundo os acontecimentos que transformaram o país e o mundo no ano de 1989. A trilha sonora da peça é composta por hits de samba, pagode, funk e pop da época, interpretados ao vivo.

O elenco é formado por Ângela Câmara, Carolina Ferman, Fernanda Sal, Marcel Giubilei, Ricardo Lopes, José Karini,Renato Carrera e Jean Marcel Gatti.

Quando? 6 de janeiro a 11 de fevereiro | às segundas e terças, às 19h
Onde? Teatro Firjan Sesi Centro | Avenida Graça Aranha, 1, Centro
Quanto? R$20 (inteira), R$10 (meia-entrada)
Classificação? 16 anos

Além das peças de teatro, tem várias exposições gratuitas iradas para você visitar no Rio. Clica aqui para ver nossa lista!

1
BH: Jetiboca tem café incrível a R$ 3, pão de queijo e muito amor
Um dos lugares mais incríveis e inusitados no centro de Belo Horizonte, em Minas Gerais, é o Mercado Novo. Há …
2
3 trilhas no Rio com vistas de tirar o fôlego
Esse vídeo é para os amantes de ecoturismo, ou mesmo para quem quer começar a fazer trilhas e se conectar …
3
Parque da Pedra Branca no RJ: a maior floresta urbana do país
Pega um calçado confortável, passar protetor e repelente e Colaí nessa caminhada pelas trilhas do Parque da Pedra Branca, a …
4
Roteiro zen para fugir do caos de SP
Viver em SP é estar sempre ligadão no 220. Mas é legal dar uma freada no corre corre, né não? Colaí …
5
3 rolés pra curtir no Baixo Tijuca no Rio de Janeiro
A região do Baixo Tijuca tem muito o que oferecer quando o assunto é cerveja gelada! Colaí que eu tenho as …
6
Arena Digital de Curitiba: cinema e planetário no mesmo lugar
Ver as estrelas, mergulhar no fundo do mar, conhecer de pertinho todo o sistema solar. Tudo isso é possível em …
7
Uma voltinha no Mercado Público de Porto Alegre
Mais do que um ponto turístico, o Mercado Público de Porto Alegre concentra consumo, crença, cultura e tradição no centro …
8
3 jóias gastronômicas antigas de São Paulo
Afinal, panela velha é a que faz comida boa? Se depender da Casa Mathilde, da Padaria Santa Tereza e do …