Caminhada São Paulo Negra conta histórias esquecidas da Liberdade

A São Paulo Negra revela os lugares importantes da cultura negra, como o bairro da Liberdade

Rua

Por: Redação | Comunicar erro

O bairro hoje associado à comunidade nipo-brasileira foi um reduto negro nos séculos XVIII e XIX

São Paulo é a cidade com a maior população negra do Brasil e as histórias negras estão por toda a cidade, no centro e em todas as esquinas (inclusive na Ipiranga com São João, a mais famosa delas), apesar de muitas vezes não serem contadas. Para narrar o que é silenciado, a Caminhada São Paulo Negra apresenta um roteiro cheio de história e ancestralidade.

público na caminhada são paulo negra, na liberdade
Crédito: Henrique CarraraA São Paulo Negra revela os lugares importantes da cultura negra, como o bairro da Liberdade

O passeio vai apresentar lugares importantes da história dos negros na cidade, como é o caso da Igreja Nossa Senhora Rosário dos Pretos, a estátua da mãe preta, a Igreja Nossa Senhora dos Enforcados, do antigo Pelourinho e do antigo Morro da Forca, no bairro da Liberdade.

A caminhada começa no bairro da Liberdade, um reduto negro nos séculos XVIII e XIX e termina no Largo do Arouche, e conta a história de personagens negros importantes, que foram  invisibilizados em vários espaços, como é o caso da escritora Carolina Maria de Jesus, do jornalista, advogado, poeta e patrono da abolição Luiz Gama e o arquiteto Joaquim Pinto de Oliveira, o Tebas.

Também fazem parte das histórias a migração africana atual, a música e movimentos negros modernos. O percurso é conduzido pelo jornalista Guilherme Soares Dias, pela relações públicas Luciana Paulino e também pelo fotógrafo e produtor cultural Heitor Salatiel.

Público da caminha são paulo negra posa para foto no centro de são paulo
Crédito: Henrique CarraraPercurso da Caminhada São Paulo Negra é conduzido pelo jornalista Guilherme Soares Dias, pela relações públicas Luciana Paulino e também pelo fotógrafo e produtor cultural Heitor Salatiel

A Caminhada São Paulo Negra acontece no dia 17 de março, às 10h. O ponto de encontro é a igreja que fica no número 238 da Praça do Metrô Liberdade. O passeio histórico custa R$ 50 e para participar, o interessado deve reservar seu ingresso no site Diáspora Black.

Compartilhe:

Tags: #Afro #Cultura Africana #Liberdade #Negros #Passeio Guiado #passeio no fim de semana
Autor: Por: Redação
1 / 8
1
03:52
3 lugares em SP para você que é um apaixonado por livros
A cidade de São Paulo reserva ótimas surpresas para os apaixonados por livros. E é por isso que a Catraca …
2
04:21
Conheça um lugar onde criatividade e inovação fazem parte do dia a dia
A EBAC, além de oferecer uma série de cursos de graduação, especialização e iniciação em áreas como arte, design, audiovisual, …
3
03:17
3 bares em São Paulo escondidos em subsolos + 1 bônus imperdível
Entre o pé sujo e o bar classudo, há mais points inusitados do que a nossa mente pode imaginar! Como …
4
05:36
5 festas juninas em SP para comer até sair rolando
Chega junho e o coração até derrete! É tempo de Santo Antônio, forró arrasta pé, milho, fogueira, quentão, vinho quente, …
5
04:26
O melhor do fim de semana em SP: 27 e 28 de abril
Oi, pessoal! Vim aqui só com boas notícias! Tenho dicas maravilhosas para você curtir seu final de semana em São …
6
01:26
Sandy & Júnior: já comprou o seu ingresso?
Sandy & Júnior estarão juntos no palco mais uma vez. A dupla queridinha da década de 90 vai fazer uma turnê …
7
02:32
Casa de Pedra é o lugar para você praticar escalada em SP
São Paulo é um grande mar de opções para quem quer se divertir, inclusive praticando esportes radicais sem precisar sair …
8
01:43
Carburadores, o paraíso da carne defumada em SP
O Carburadores é aquele típico restaurante sem mimimi, com ambiente rock´n roll, menu enxuto de sanduíches, entradas e pratos principais …