Casas de cachorro supermodernas ganham exposição na Japan House

Grandes artistas apresentam suas criações na Japan House, levando em conta as atuais relações da sociedade com seus bichos de estimação

Por: Redação Comunicar erro
Até
07
de abril 2019
Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo
Terça a Sábado, das 10h às 20h
Domingos e feriados, das 10h às 18h

A Japan House apresenta um novo viés da arquitetura e do design na exposição Architecture for Dogs: Arquitetura para cães, com curadoria do designer japonês Kenya Hara.

casa de cachorro da Exposição 'Architecture for Dogs: Arquitetura para cães' na Japan House
Crédito: Rogério CassimiroJapan House inova e apresenta exposição com casinhas de cachorro supermodernas
casa de cachorro da Exposição 'Architecture for Dogs: Arquitetura para cães' na Japan House
Crédito: Rogerio CassimiroSão 15 projetos de casas que poderão ser vistos na mostra exposta na Japan House
casa de cachorro da Exposição 'Architecture for Dogs: Arquitetura para cães' na Japan House
Crédito: Rogério Cassimiro“O Casulo” (The Cocoon), trabalho inédito do escritório brasileiro FGMF Arquitetos que, a partir desta mostra na Japan House, integra o circuito Architecture for Dogs representando o Brasil

A mostra apresenta, por meio do trabalho de renomados profissionais das áreas, irreverentes e conceituais casas de cachorros em um pioneiro exercício de escala que leva em conta as atuais relações da sociedade com seus bichos de estimação.

Com passagens pelos Estados Unidos, Japão e China, esta é a primeira exibição no Brasil e inclui projeto inédito feito por um escritório brasileiro, a convite da Japan House.

Ao todo, são 15 projetos de casas – que podem ser vistos na mostra – inspirados em especificidades de diferentes raças e assinados por nomes como Kenya Hara, Kazuyo Sejima, Sou Fujimoto e Kengo Kuma.

Um projeto destaque dentro da iniciativa é “O Casulo” (The Cocoon), trabalho inédito do escritório brasileiro FGMF Arquitetos que, a partir desta mostra em São Paulo, integra o circuito Architecture for Dogs representando o Brasil.

casa de cachorro da Exposição 'Architecture for Dogs: Arquitetura para cães' na Japan House
Crédito: Rogério Cassimiro“O Casulo” (The Cocoon), trabalho inédito do escritório brasileiro FGMF Arquitetos que, a partir desta mostra na Japan House, integra o circuito Architecture for Dogs representando o Brasil

Ocupando todo o centro cultural, os projetos com as mais variadas formas, materiais e técnicas de construção retratam a inspiração e os desafios de se pensar projetos em uma nova escala, além de retratar a relação de afeto e a importância cada vez maior desses animais na vida contemporânea, o que representa inclusive mudanças de hábitos da sociedade.

Durante o período de exposição, três desses projetos na área externa do piso térreo ficam à disposição para experimentação por cachorros: Mount Pug (Kengo Kuma), Architecture for Long-bodied-short-legged Dog (Yoshiharu Tsukamoto e Momoyo Kajiima) e Beagle House (MVRDV). Como regra já estabelecida, é proibida a entrada de qualquer animal de estimação na área interna da Japan House.

A Architecture for Dogs: Arquitetura para cães propõe também a criação de um banco de dados online que permite aos usuários o acesso a diagramas, imagens e vídeos das peças expostas para que sejam reproduzidas.

Tá curioso para ver essas supermodernas casas de cachorro? A exposição fica em cartaz na Japan House até 7 de abril, com entrada gratuita. As visitas podem acontecer de terça a sábado, das 10h às 20h, e aos domingos e feriados, das 10h às 18h.