Em peça na Roosevelt, herança inusitada deixa irmãos em apuro

'O Que Fazer com o Resto das Árvores?' cumpre temporada na SP Escola de Teatro até novembro

Por: SP Escola de Teatro
Até
26
de novembro 2018
Segunda - Sexta - Sábado - Domingo
Sex., sáb., e seg., às 21h; dom., às 19h

A única coisa que os irmãos Carlos e Frederico receberam como herança após a morte de seu pai foi um milhão de enciclopédias. É aí, em meio aos livros empilhados por toda a casa, que começa a história de O Que Fazer com o Resto das Árvores?, peça que cumpre temporada na sede Roosevelt da SP Escola de Teatro entre 26 de outubro e 26 de novembro.

Com texto assinado por Elder Torres, estudante egresso do curso de Dramaturgia da Instituição, o espetáculo olha para as relações entre pais e filhos, tocando em temas como memória, verdades e escolhas. Com ingressos a R$ 40 e R$ 20 (meia-entrada), a peça tem sessões sextas, sábados e segundas, às 21h; e domingos, às 19h.

Crédito: SamuelMendes.comEm ‘O Que Fazer com o Resto das Árvores?’, recebem um milhão de enciclopédias como herança de seu pai

Na trama, os livros recebidos pelos irmãos foram escritos pelo pai durante mais de 40 anos, partes de uma enciclopédia “analógica” em plena era virtual. Sem que soubessem, ele ainda vendeu todos os seus bens, inclusive a própria casa, e usou o dinheiro para imprimir sua obra. Com 30 dias para desocupar a casa, Carlos e Frederico precisam então encontrar uma solução para a herança.

Para além do teor cômico surgido pela pergunta sobre o que fazer com os livros espalhados pela casa, a dramaturgia da peça mergulha em temas mais profundos, buscando analisar como as heranças que herdamos de nossos pais – não só materiais, mas emocionais – influenciam na construção de quem somos.

A encenação, dirigida por Larissa Matheus, busca acentuar esse conflito de gerações ao contrastar a ideia “antiquada” do pai com um cenário tecnológico, que utiliza projeções e vídeo mapping para ajudar a narrar a trama – em um telão ao fundo, um documentário exibe a história dos dois irmãos, mostrando detalhes que não são mencionados pelos atores.

Primeira montagem do Coletivo Binário, O Que Fazer com o Resto das Árvores? tem Elder Torres e Nando Motta, criadores do grupo, no elenco. A peça chega a São Paulo após cumprir temporada, em junho, em Belo Horizonte, no Centro Cultural Banco do Brasil.

Por: SP Escola de Teatro

A SP Escola de Teatro é um equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e tem por atribuições a formação profissional na arte teatral.

1
5 blocos incríveis para curtir o Carnaval de rua no Rio
Carnaval está aí e é chegada a hora da gente decidir quais blocos nós vamos arrasar as nossas fantasias, confetes, …
2
5 blocos incríveis para curtir o carnaval de rua de SP
O Carnaval está aí! É chegada a hora de escolher os blocos para arrasar na passarela das ruas, ostentando fantasias, …
3
BH: Jetiboca tem café incrível a R$ 3, pão de queijo e muito amor
Um dos lugares mais incríveis e inusitados no centro de Belo Horizonte, em Minas Gerais, é o Mercado Novo. Há …
4
3 trilhas no Rio com vistas de tirar o fôlego
Esse vídeo é para os amantes de ecoturismo, ou mesmo para quem quer começar a fazer trilhas e se conectar …
5
Parque da Pedra Branca no RJ: a maior floresta urbana do país
Pega um calçado confortável, passar protetor e repelente e Colaí nessa caminhada pelas trilhas do Parque da Pedra Branca, a …
6
Roteiro zen para fugir do caos de SP
Viver em SP é estar sempre ligadão no 220. Mas é legal dar uma freada no corre corre, né não?Colaí …
7
3 rolés pra curtir no Baixo Tijuca no Rio de Janeiro
A região do Baixo Tijuca tem muito o que oferecer quando o assunto é cerveja gelada!Colaí que eu tenho as …
8
Arena Digital de Curitiba: cinema e planetário no mesmo lugar
Ver as estrelas, mergulhar no fundo do mar, conhecer de pertinho todo o sistema solar. Tudo isso é possível em …