Estátuas de elefantes colorem o Rio e alertam para maus tratos

Elephant Parade traz 66 obras customizadas por artistas brasileiros como Ziraldo em pontos turísticos e outros locais

Por: Redação Comunicar erro
Até
29
de novembro 2018
Diversos horários

Anda esbarrando por estátuas de elefantes pelo Rio? É a Elephant Parade, exposição de 66 estátuas customizadas por artistas brasileiros, que estão espalhadas em pontos turísticos e outros locais de movimento da Cidade Maravilhosa. As obras, que imitam o tamanho real de um bebê elefante, chamam a atenção para os maus tratos sofridos pelos animais e podem ser vistas no Cristo Redentor, nas orlas de Copacabana, Ipanema e Leblon, além de outros bairros como Centro, Barra da Tijuca e Lagoa.

Entre o Morro da Urca e o Pão de Açúcar, por exemplo, estão a Elefante Brenda, assinada pelo artista plástico Luca Ewbank, o Elefante Morro de Amor Pelo Rio, criado por Ziraldo e pintado por Levi Cintra, e o Elefante in Wonderland, do artista Rogério Fernandes.

Elephant Parade
Estátuas de elefantes customizadas por artistas como Ziraldo colorem pontos turísticos do Rio na exposição Elephant ParadeDivulgação
exposição Elephant Parade
Público pode conferir 66 obras em vários bairros da Cidade MaravilhosaBruno Contrino/Divulgação
exposição Elephant Parade
Galeria a céu aberto já passou por diversos países, chamando a atenção para os maus tratos sofridos pelos animaisBruno Contrino/Divulgação
exposição Elephant Parade
Estátuas serão leiloadas, e parte da arrecadação vai para projetos sociais locais e de preservação dos elefantesBruno Contrino/Divulgação

A Elephant Parade é uma das maiores exposições de arte do mundo e já passou por diversos países. Foi criada em 2006 por dois holandeses, Marc e Mike Spits, depois que pai e filho conheceram na Tailândia um bebê elefante, chamado Mosha, que tinha perdido sua perna depois de pisar numa mina terrestre. Tocados, os dois se inspiraram e fizeram a primeira mostra em Roterdã, na Holanda, em 2007. Desde então, o evento apoia 11 projetos em oito países, através de recursos financeiros, materiais e assistência técnica.

Aqui no Rio, as estátuas serão leiloadas depois da exposição, e parte da verba será revertida para a filantropia local, projetos de preservação dos elefantes e artistas participantes. Encontre a estátuas de elefantes pela cidade!