Últimas notícias:

Loading...

Musical ‘Naked Boys Singing!’ quebra tabus sobre o universo masculino

Vários intérpretes peladões discutem temas como o corpo padrão, a gordofobia, o amor, o HIV/Aids, a ereção involuntária, a circuncisão e a masturbação

Por: Redação

Até 10 de julho de 2022

Sexta - Sábado - Domingo

Às sextas e aos sábados, às 21h30, e aos domingos, às 19h

Sucesso em vários países, o musical “Naked Boys Singing!” reúne no mesmo palco vários intérpretes peladões. Mas, se você pensa que é um espetáculo apenas para admirar corpos sarados, está redondamente engando(a)!

Naked Boys Singing
Crédito: Caio Gallucci - divulgação - Unicórnio Assessoria“Naked Boys Singing!” discute temas relacionados ao corpo masculino

A montagem tem justamente proposta de quebrar estereótipos sobre o corpo perfeito e discutir temas importantes para o universo masculino, como gordofobia, circuncisão, HIV/Aids, ereção involuntária e o amor.

O espetáculo pode ser conferido no Teatro Nair Bello, entre os dias 10 de junho e 10 de julho, às sextas e aos sábados, às 21h30, e aos domingos, às 19h. Os ingressos custam até R$80 e são vendidos aqui.

Naked Boys Singing
Crédito: Caio Gallucci - divulgação - Unicórnio AssessoriaO musical questiona os padrões corporais impostos aos homens

Com direção de Rodrigo Alfer, o musical reúne várias canções poderosas, tocadas ao vivo por um ator pianista e interpretadas por 10 cantores, atores e bailarinos. São 15 atos musicados que abordam esses temas relacionados ao corpo masculino de forma ora cômica, ora nonsense, ora dramática.

O grupo explora em cena o gênero do teatro Vaudeville, que inicialmente surgiu como uma forma de mero entretenimento e sem a pretensão de discutir grandes questões.

Crédito: Caio Gallucci - divulgação - Unicórnio AssessoriaO espetáculo surgiu em 1998 nos EUA e já foi produzido em mais de 20 países

A linguagem, que nasceu na França no século 15, reunia números musicais, acrobacias, mágicas, atletas, grupos ciganos e até performances com animais, e era pensada apenas para o público masculino. No Brasil, resultou no que conhecemos como o teatro de revista.

Produzido em mais de 20 países, “Naked Boys Singing!” é um clássico off-Broadway que se tornou praticamente um ícone da cultura gay. O espetáculo foi montado pela primeira vez em 1998 em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Crédito: Caio Gallucci - divulgação - Unicórnio AssessoriaO grupo explora a linguagem do teatro Vaudeville

Esta nova montagem brasileira surgiu em 2021 com grande sucesso e já passou por vários teatros. O elenco conta com André Lau, Aquiles, João Hespanholeto, Lucas Cordeiro, Ruan Rairo, Silvano Vieira, Victor Barreto, Naice, Tiago Prates, Rodrigo Serphan e Gabriel Fabbri  (pianista).


#VivaACidadeNaResponsa: ao comparecer aos eventos, não se esqueça de levar o seu passaporte de vacinação. Sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? 💚


Fique ligado(a)! Por conta do novo aumento de pessoas contaminadas pelo Coronavírus, muitos eventos têm sido adiados ou cancelados. Para não deixar de aproveitar seu rolê, antes de sair de casa, confirme nos sites, bilheterias, teatros e plataformas de vendas de ingressos se não ocorreram alterações na sua atração.

Quer outros rolês perfeitos para curtir em SP? Dá uma olhada:

Compartilhe:

?>