Theatro Municipal comemora ‘Dia do Palhaço’ com noites de circo

Vai ter muita marmelada! Espetáculo ‘A Lona Uniu as Gerações’ tem apresentação do Palhaço Tubinho e participação especial de Dedé Santana

Por: Redação

Nos dias

10/12 - 11/12

2020

Às 19h. Os ingressos são distribuídos uma hora antes.

Grátis

Respeitável público, quem já viu circo dentro do Theatro Municipal de São Paulo? Sim! Em comemoração ao “Dia do Palhaço”, o teatro mais lindão da cidade recebe o espetáculo circense “A Lona Uniu as Gerações”, com duas apresentações GRATUITAS nos dias 10 e 11 de dezembro, às 19h. Chegue cedo, pois, os ingressos começam a ser distribuídos a partir das 18h.

espetáculo do Circo Zanni
Crédito: Paulo Barbuto - divulgaçãoCirco Zanni é uma das trupes que participam do espetáculo

Com direção circense de Fernando Sampaio, da Cia. La Mínima, e direção geral e apresentação do Palhaço Tubinho, a montagem convida grandes trupes e artistas da cidade para homenagear o Circo-Teatro.

Entre os convidados, estão Circo Zanni, Cia. La Mínima, Palhaços Sem Fronteiras, Sabatino Brothers, Cia. Família Burg, Dupla Cia., Dimy Ilusionista, Palhaço Kuxixo, Rokan: o Mágico dos dedos ouro, Trupe Koskowisck, Bruno Edson Equilibrista, Rogério Piva, Portolouco, Angelita Vaz, Nico Serrano, Joinha e Jesse Cabral.

E o eterno trapalhão Dedé Santana faz uma participação especial no show. A montagem ainda tem um time de bailarinos e uma banda.

A trama narra o encontro entre um velho palhaço e um menino da cidade que recebe o circo. Curioso e encantado, o garoto torna-se aprendiz do artista veterano.

Mais circo!

Dois outros espetáculos acontecem em frente ao Theatro Municipal. A Família Burg e a Dupla Cia. encenam “Cabaré” no dia 10, às 17h30; já a Trupe Koskowisck apresenta “Olha o Palhaço no Meio da Rua” no dia 11, nesse mesmo horário.

espetáculo da Cia Circo Dança
Crédito: Paulo Barbuto - divulgaçãoA Cia. Circo Dança é outro destaque da homenagem

O Circo-Teatro

Criado no Brasil no comecinho do século 20, o Circo-Teatro inovou na estética das artes circenses ao inaugurar um novo ritmo narrativo, no qual os esquetes cômicos ou dramáticos são costurados por uma história única. Assim, a narrativa do espetáculo é contada por meio dos números.

Em sua origem, essa modalidade tinha textos adaptados de romances folhetinescos sobre mitologia, religião, fatos do cotidiano, entre outros temas. As montagem geralmente seguiam a estrutura das comédias e dos melodramas.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.